Dançando sobre cacos de vidro



Sinopse - Dançando Sobre Cacos de Vidro - Ka Hancock

Lucy Houston e Mickey Chandler não deveriam se apaixonar. Os dois sofrem de doenças genéticas: Lucy tem um histórico familiar de câncer de mama muito agressivo e Mickey, um grave transtorno bipolar. No entanto, quando seus caminhos se cruzam, é impossível negar a atração entre eles. 

Contrariando toda a lógica que indicava que sua história não teria futuro, eles se casam e firmam – por escrito – um compromisso para fazer o relacionamento dar certo. Mickey promete tomar os remédios. Lucy promete não culpá-lo pelas coisas que ele não pode controlar. Mickey será sempre honesto. Lucy será paciente. 
Como em qualquer relação, eles têm dias bons e dias ruins – alguns terríveis. Depois que Lucy quase perde uma batalha contra o câncer, eles criam mais uma regra: nunca terão filhos, para não passar adiante sua herança genética. 
Porém, em seu 11° aniversário de casamento, durante uma consulta de rotina, Lucy é surpreendida com uma notícia extraordinária, quase um milagre, que vai mudar tudo o que ela e Mickey haviam planejado. De uma hora para outra todas as regras são jogadas pela janela e eles terão que redescobrir o verdadeiro significado do amor.
Dançando sobre cacos de vidro é a história de um amor inspirador que supera todos os obstáculos para se tornar possível.


 Resenha



Eu não tenho muito o que falar sobre este livro,Dizer que ele me tocou ,è muito pouco perto do que ele me fez sentir,Este livro não entro somente no meu tope 5 ,e sim ele se tornou um dos melhores livros que eu já li.tenho o livro físico ,tenho o ebook em meu kobo,e não consigo largar e muitos que vieram depois dele não mexeram comigo.ele fala de um Amor,de um amor que supera as barreiras do preconceito e do imaginável,que mesmo quando todos acham que é impossível,ele te mostra que quando é verdadeiro,não existe limites,para enfrentar nenhuma das barreiras impostas pela sociedade.

"Trecho retirado do livro"
 Como vai ser a minha vida se eu me casar com ele?
O médico de Mickey me estudou por um instante e respirou fundo.– Lucy, todo casamento é uma dança: complicada às vezes, maravilhosa em outras. Na maior parte do tempo não acontece nada de extraordinário. Com Mickey, porém, haverá momentos em que vocês dançarão sobre cacos de vidro. Haverá sofrimento. Nesse caso, ou você fugirá ou aguentará firme até o pior passar.Interiorizei as palavras dele, enquanto as lágrimas escorriam pelo meu rosto.– Não consigo imaginar minha vida, meu futuro, sem ele, mas não sei... – Fiz um esforço para conter as lágrimas e passei a mão pelo cabelo. – Tem razão, Dr. Gleason. Foi bom eu ter visto isso agora –falei. Em seguida, o encarei. – Você acha que consigo?– Isso só você pode responder, Lucy.– Mas... Vou aprender a reconhecer a fronteira?
Ele assentiu.– Mic vai ajudá-la. Uma das maiores vantagens é que ele não quer surtar. Mic não quer que adoença o defina. Tenta ser ajuizado e na maior parte do tempo consegue. E quando escorrega, isso éo que pode acontecer, embora nem sempre aconteça, é claro. – Gleason me fitou, com uma sinceridade evidente no olhar. – Tirando isso, Lucy, ninguém poderia amá-la mais.Tentei sorrir.– Por que você é tão dedicado a ele, Gleason? Não é possível que se preocupe tanto com todos os seus pacientes.Vi uma expressão nostálgica no psiquiatra que havia tantos anos cuidava de Mickey.– Há muito tempo perdi uma paciente – começou ele, com um suspiro. – Foi um suicídio horrível,um dos mais duros da minha carreira. Simplesmente não consegui salvá-la e isso me deixou tão arrasado que quase larguei a profissão. Fui a seu enterro e me lembro de que estava na última fileira de bancos, pensando em carreiras alternativas, quando um garoto magricela apareceu. Ele se sentou ao meu lado e durante um tempão não disse nada. Então me olhou com os olhos marejados e falou:“A culpa não foi sua, Dr. Webb. Minha mãe queria muito morrer.” – Gleason meneou a cabeça. –Duas semanas depois, ele entrou no meu consultório e me pediu que o examinasse e dissesse se ele era louco. Garantiu que faria qualquer coisa, passaria por qualquer cirurgia, tomaria qualquer remédio para não ficar como a mãe. Era aniversário dele, 12 anos. – Gleason assentiu, relembrando.
– Estamos juntos desde aquele dia.
Sequei mais lágrimas do rosto.
– Ele nunca me contou isso.
– Vai contar.
– Ele é mesmo incrível, não é?
– Lucy, nunca conheci alguém que lutasse tanto para evitar a doença ou que sofresse mais quando
surta. Mickey é um homem extraordinário, que por acaso tem uma doença mental. Se eu fosse lhe dar
algum conselho seria para se concentrar nesse Mickey.
Assenti.
– Aprenda a ler nas entrelinhas. Assim que encontrar um homem que ame de verdade apesar de
todos aqueles sintomas, guarde esse homem na memória. E saiba que esse homem às vezes
desaparecerá.

Postar um comentário

Confesso que ainda não criei coragem para ler esse livro , por ser um livro bem intenso . Logo vou ler . Já sei que vou chorar e muito rsss. Vou esperar o momento para ler .

beijos

Joyce

Olá linda, tudo bem?
Estava passando por alguns blogs e resolvi passar aqui no seu e sinceramente tenho que confessar que amei o seu cantinho. Tá de parabens pelo seu conteudo e principalmente pela sua resenha que me chamou bastante atenção. Até hoje eu ainda não li esse livro e pretendo comprar ele na Bienal do livro. Espero poder gostar bastante da história assim como você. E outra coisa, queria te perguntar uma coisa, vc por acaso conhece livros chick-lit para me indicar? Estou atrás de sugestões de leitores. Se vc puder me ajudar ficarei grata =]

Agora eu vou indo, mas olha, já estou te seguindo tá?
Se cuida e fica com Deus

lovereadmybooks.blogspot.com.br

Nossa que história heim ... imagino a vida do casal .. Mas acredito que quando as pessoas se comprometem em fazer o melhor ..tudo se ajeita .. belo livro .. hehehehe ...

Roberta Aquino
Diário de uma Princesa

Hmm essa história é bem intensa, nossa acho que esse é daqueles livros que mexe mto com vc pelo que vc relatou acima, gostei da dica!
bjs

[blogger][facebook]

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget