Entrevista com V.M. Macedo

01 julho 2014


Para estrear nossas Entrevistas V.M Macedo autora de Inquebrável 


O que a motivou a escrever Inquebrável? 

Até hoje eu ainda não consigo entender como tudo isso aconteceu. Escrever o Inquebrável foi natural e sem nenhuma pretensão. Eu apenas fui colocando a ideia no papel para ver onde ia parar. Não imaginava que ele se tornaria um livro tão lindo e polêmico como se tornou. É um orgulho para mim, ver ele pronto e conquistando o mundo.

Com o Wattpad está surgindo muitos livros por escritoras iniciantes, como foi sua divulgação através dele  ? 

Com ajuda de muitas amigas! Nós fomos divulgando a liberação de cada capítulo, promoções e degustações via facebook e em vários grupos literários. Contei com a ajuda do blog da Mel Oliveira, que foi imprescindível em toda a divulgação.

Qual a maior dificuldade em se publicar livros no Brasil?

Com toda certeza, arranjar uma editora boa, de confiança e que se proponha a arriscar junto conosco. Apesar de termos grandes talentos iniciantes, e não falo de mim, é muito difícil que algumas dessas editoras conhecidas se arrisquem a publicar um livro de alguém que está começando. Quando isso ocorre, o autor em questão já publicou a obra por conta própria e já deu a cara à tapa para o público.

A maioria dos livros do wattpad são extremamente sensuais o que a levou a seguir uma linha dramática e temas polêmicos? 

Não tenho nada contra a literatura erótica, pelo contrário eu os leio, mas para mim, é muito complicado escrever uma cena de sexo. Eu morro de vergonha!!! Na minha cabeça fica passando um filme de como seria se meus pais lessem isso. Eu amo drama, apesar do romance ser meu gênero preferido, tenho um quê para o drama. Acho lindos aqueles romances de redenção e foi isso que eu quis mostrar no Inquebrável. Quis que ele fosse real! Algumas pessoas podem se incomodar com o tamanho do sofrimento dos personagens, mas isso acontece na vida, pode não ser na sua, mas na de alguém. A única diferença é que, na vida, temos anos para enfrentar tudo isso e no livro algumas páginas. Então, ele acaba sendo um pouco mais intenso.

Como extrair o máximo de críticas e elogios? 

Eu adoro receber a opinião dos outros sobre meu livro, de verdade! Fico em cólicas quando a pessoa não me envia seu parecer e eu não sei se gostou ou não. Eu tento ao máximo me manter aberta e aceitar a opinião dos outros desde que sejam construtivas de alguma forma. Receber uma crítica negativa é um inferno, mas por mais que doa a beça temos que colocar na cabeça que é impossível agradar a gregos e troianos e procurar melhorar sempre!

No livro é abordado temas como traição, perdão e um laço forte entre família, o que trouxe de sua vida para o livro? 

O laço com a família é, com toda certeza, uma coisa que eu tiro do meu dia a dia. Sou muito ligada a minha irmã e aos meus pais. Temos nossos altos e baixos, mas permanecemos sempre unidos e isso que importa! No Inquebrável, eu quis retratar que é possível sim alguém se redimir. Se arrepender, aprender com os erros e recomeçar. É isso que o Leo faz! Ele precisa perder seu grande amor para dar valor e perceber que era hora de mudar. No passar das páginas você vê um Leo diferente e amadurecido e mal ou bem é isso que acontece no decorrer dos anos da nossa vida.

Como definiria seus personagens principais Leo e Bia?

O Leo é por muito tempo um babaca. Eu o odiei por quase todo o tempo que passei escrevendo o livro, mas me apaixonei perdidamente quando ele cresceu. Ele é um cara que pensa com a cabeça errada, não é firme e deixa que outras pessoas tomem as decisões para que possa se isentar da culpa. Fiquei muito feliz quando ele decidiu melhorar e me orgulho por ele ter feito isso. A Bia tem muito de todas nós mulheres. Algumas escondem e outras deixam os sentimentos à flor da pele. Pra mim é isso que a Bia é, sentimentos. Ela não tem medo de demonstrá-los. Ela chora, ela ri ou grita quando tem vontade. Apesar de parecer fraca e daquelas que fogem de todas as responsabilidades, mas durante o livro você percebe que ela é mais forte do que imaginava, que ela aguenta muita coisa sozinha e mesmo assim não perde seus sonhos e objetivos.

Inquebrável um sonho realizado? 

Sim, um sonho que nem eu sabia que existia.

Novos projetos da V. M. Macedo?Será que vem por ai um livro da versão do Leo?

Estou com um projeto que é minha maior aposta. Estou fazendo cursos de especialização em escrita para que este livro seja ainda mais perfeito que o Inquebrável. O Inquebrável, foi feito para ser livro único, não vou mentir sobre isso! Mas estou inclinada a escrever uma versão com o ponto de vista dele e a história da Alison, mas são projetos que podem vir, mais para frente.

Um recado para os fâs: 

Muito obrigada! Essas duas palavrinhas descrevem todo o sentimento contido em meu peito. A gratidão é muita. Pela confiança, por acreditarem em mim e por se arriscarem a entrar nessa viagem louca junto comigo. Sem todas as pessoas que me seguem desde o wattpad, eu não seria nada. “Nenhum autor existe sem os seus leitores. Nenhum livro está concluído sem a relação estabelecida com que o lê.”


Gostaria de agradecer a confiança e disponibilidade da V.M. Macedo . Muita sorte em seus novos projetos.

9 comentários

  1. Oi, tudo bem?

    Adorei a entrevista! Sucesso pra autora e pra você.

    Beijos
    http://www.estantedasfadas.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Carol lindona obrigado , sucesso a nós .

    beijos

    ResponderExcluir
  3. Adorei a entrevista, flor
    http://toobege.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Adorei! A Vanessa como sempre demonstra ser uma autora que tem tudo para brilhar no mundo literário!!! DESEJO muito Sucesso, pq esse livro é ótimo, ja estou a espera de Ana!!!

    ResponderExcluir
  5. Orgulho é pouco pra descrever o que eu sinto ao ver uma entrevista minha em um blog tão lindo quanto esse!!!
    Joy, muito obrigada pelo espaço e pelo carinho. Sei que fui a pioneira, mas tenho certeza que logo logo terão muito mais autores exibindo suas entrevistas por aqui!!!
    Parabéns por tudo e muito sucesso.

    ResponderExcluir
  6. Mariana que bom que gostou , foi feita com muito carinho.

    abraços

    Joyce

    ResponderExcluir
  7. Karol concordo com a Vanessa vai longe , e estaremos aqui para os novos projetos .

    Seja muito bem vinda .

    abraços

    Joyce

    ResponderExcluir
  8. A nossa querida autora m nós que agradecer por compartilhar um pouco de sua história e do livro conosco.

    Sucesso sempre a nós

    abraços

    Joyce

    ResponderExcluir
  9. Adorei a entrevista, gosto muito de ficar sabendo sobre novos autores nacionais :3 Muito sucesso a ela!

    ResponderExcluir