Entrevista Emília Lima

20 julho 2015
Olá meus amores!
Tudo bem?
Hoje é dia de entrevista, no especial Mês Romance de Época.
Vamos conhecer a escritora Emília Lima.



Biografia:

A maior paixão dessa escritora sempre foi os livros. Desde pequena adorava ler e foi muito incentivada pelos avós maternos Marlotinho e Zelinha, que só lhe davam de presente livros.

Dona de uma extensa biblioteca, ela às vezes se esquece do mundo quando está lendo e para todo lugar que vai sempre carrega muitos livros com ela.

“É meu refúgio. Preciso disso para me retirar do mundo em alguns momentos do dia”, diz a mesma.

Ela tem dois filhos e mora na Bahia. Seu primeiro livro é Alina e diz que pretende seguir a carreira de escritora pelo resto de sua vida.

“Escrever Alina foi uma mudança na minha vida. E quero que essa mudança permaneça para sempre.”



Alina (2014)

Sinopse:

Alina é uma obra de ficção, ambientada na Bahia no final do Séc. XVI e conta a história da família Cirilo, proveniente de Portugal com o intuito de ajudar na colonização do Brasil-colônia.O livro conta a história da vida da família Cirilo e principalmente de Alina Cirilo, personagem principal do livro e do amor dela por Pedro Garcia, um grande amor, mas um amor proibido.Alina é uma personagem de personalidade forte e muito determinada. Alguns acontecimentos mudam drasticamente o rumo da sua vida e mesmo assim ela consegue levar tudo adiante, com toda a coragem que uma moça de sua idade e de sua posição social pode ter.Este livro fala sobre amor, família e as renúncias que às vezes temos que fazer em benefício das pessoas que mais amamos. E, também, de que quando um amor é verdadeiro, ele acontece, mesmo que achemos que o tempo desse amor já passou.


Ágata (2015)

Sinopse:

Ágata é uma obra de ficção, ambientada em Portugal e na Bahia no final do Séc. XVI e início do Séc. XVII, e conta a história de Ágata Cirilo, personagem principal do livro e das mudanças que a vida impõe a ela, fazendo-a escolher entre ser uma pessoa melhor ou continuar em uma vida vazia. Ágata é uma personagem temperamental e egoísta até se apaixonar por um homem totalmente diferente dela. Alberto é um homem que vive uma vida muito simples, e que não pretende mudar, nem mesmo por um grande amor. Este livro fala sobre a força do amor e o quanto ele é a coisa mais importante na vida de uma pessoa. Quando ele aparece na nossa vida, nada nem ninguém são capazes de detê-lo. O amor verdadeiro pode mudar completamente uma pessoa.

Vamos agora a entrevista que a editora deu para o especial  Mês Romance de Época.

Quem é Emilia Lima?

Emilia Lima é mãe, escritora, uma pessoa que ama viajar e totalmente encantada por livros. Sou aquele tipo de pessoa sonhadora, que acha que o mundo é lindo e que toda pessoa tem seu lado bom. Ando mais com a cabeça nas nuvens do que com os pés no chão.

Quando começou a se aventurar pelo mundo da escrita?

Escrevi Alina em 2010 e só publiquei em 2014, esse ano já publiquei Ágata, os dois fazem parte da série Família Cirilo.

Porque dentre tantos gêneros literários, você resolveu escrever romance de época?

Amo tudo que é de época: livros, filmes, séries e novelas. Adoro história e sinto falta de romances que retratem a nossa história. Temos poucas coisas referente a história do Brasil. Mesmo que eu não me aprofunde muito na parte histórica, acho interessante que meus livros remetem o início da colonização brasileira.

Quantos livros terá na série da família Cirilo?

Apesar dos pedidos, serão apenas 3. Alina e Ágata e ano que vem estarei lançando Dandara, a história da filha de Alina. Todos pela Sollo Editorial.

Como foi a criação dessa família tipicamente portuguesa?

Uma delícia idealizar essa família. Sou totalmente apaixonada por alguns personagens, por exemplo, o Sr. Luis Cirilo, o patriarca da família. Eles já estavam dentro de mim e fluíram com naturalidade e no decorrer dos dois livros aprofundei um pouco cada um deles.

Você se inspirou em algum ( a) autor ( a ) para escrever?

Não especificamente. Mas todos nós temos nossos autores preferidos que acabam nos influenciando um pouco na escrita.

Já tive a oportunidade de ler Alina e ela é uma mulher muito forte, bem a frente de seu tempo. Tem alguma curiosidade sobre ela que pode contar para nossos leitores?

Acho Alina um pouco egoísta, claro que ela é uma mulher excepcional e como pessoa também, mas algumas atitudes dela me levaram a ver um lado de Alina que eu não tinha percebido. Nesse aspecto ela se parece muito comigo. Eu e Alina não pensamos e ponderamos. Nós vamos lá e fazemos o que tem que ser feito.

Pode nos dizer sobre seus projetos futuros?

Vou escrever o último livro da série Família Cirilo. A história de Dandara, a filha de Alina, devo lançar ele no ano que vem e depois quero começar outra série, que se passe no período entre o fim da escravidão no Brasil e o declínio da aristocracia do nosso país. Também uma série, sobre a vida de cada um dos irmãos de uma família aristocrata. Ainda estou na fase do projeto dessa série.

Pretende se aventurar em outros gêneros literários?

Por enquanto não. Mas futuramente tenho vontade de escrever uma Romance que se passe no tempo atual.

Como é sua relação com seus fãs?

Muito legal. Converso com alguns pelo Facebook e sou aberta a sugestões deles. A idéia de escrever Ágata partiu de uma conversa com uma blogueira. Acho essa troca de idéias bem interessante. É gostoso ouvir a opinião deles e sou aberta a criticas também. Mas ainda bem que são poucas.

Agora deixo aqui um momento para você mandar um recadinho para nossos leitores.

Para os leitores vou deixar uma dica: leiam também os livros de autores nacionais. Temos alguns livros excepcionalmente bons. E, incentivem também a leitura nas crianças. A literatura nacional precisa ser incentivada. E para aqueles que tem vontade de escrever, deixo aqui um recado: não desista nunca de seus sonhos.

Obrigada por seu carinho e atenção em responder as perguntas.


Espero que tenham gostado da entrevista.
Deixe o seu comentário.
Beijinhos!


5 comentários

  1. Adorei a entrevista! Não leio muitos romances de época, mas essas capas são lindas!!!
    Beijos

    www.notavelleitura.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Oi!
    Adorei a entrevista e já fiquei doido para ler algo da autora, pois amo Romances de época e adorei as capas.

    Beijos
    http://ummundochamadolivros.blogspot.com.br/2015/07/resenha-lola-and-boy-next-door-por.html

    ResponderExcluir
  3. Olá,
    menina acredita que eu não conhecia a autora, mas lembro de ter visto o primeiro livro Alina, em algum lugar, mas nunca parei para ler sinopse. Mas agora depois de ler sinopse dos dois livros, estou necessitando ler estes livros. Sim, eu sou louca por romances de época, então é impossível que eu deixe passar.
    Gostei de conhecer a autora, e principalmente sobre seu novo projeto, que tenho certeza que será ótimo, ainda mais se passando numa época difícil e preconceituosa. Estou bastante curiosa para saber mais.

    Beijos Ana Zuky

    ResponderExcluir
  4. Olá,

    Achei muito boa sua entrevista, pena que não gosto muito de romances de época, mas para quem gosta, a autora deve ser ótima!

    Abraços
    diurnosleitores.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Oi!
    Ótima entrevista, não conhecia a autora nem os livros dela, fiquei curiosa, é bem o tipo de livro que curto =)

    Bjs
    Fernanda
    www.amigadaleitora.com

    ResponderExcluir