Anelisa Sangrava Flores - Anderson Henrique

04 setembro 2015

Anelisa Sangrava Flores
Autor Anderson Henrique
Editora Penalux
Páginas 126
Compre no site da Editora
Classificação

A linha que separa o possível do impossível é flexível e praticamente inexiste em Anelisa Sangrava Flores. Entre o razoável e o absurdo, apenas uma membrana frágil; misturam-se por vezes. Essa intersecção conduz o leitor de forma criativa e inusitada por 13 contos de um Os textos trazem os méritos da boa literatura fantástica; ao verterem por este caminho, o fazem indagando ações e sentimentos humanos, interpondo-se sobre o que temos como real em um convite à reflexão de temas diversos.Em contos como Uma noite, uma década, as barreiras do tempo são distorcidas e recriadas sempre que um casal se relaciona intimamente; em A previsão de José Pasqual acompanhamos as últimas horas da única pessoa consciente do fim dos tempos; em Estela e Anelisa Sangrava Flores, são as mulheres as responsáveis por moldar e alterar a realidade – a primeira transmuta a si própria, a segunda tem em seu sangue a força transformadora. A Anelisa que dá título ao livro sugere sangrar a dor e o amor; propõe que as flores, ainda que sangradas, sejam a solução para nossos conflitos.Em seu livro de estreia, Anderson Henrique desponta como escritor de um realismo fantástico próprio, repleto de personagens peculiares e textos alegóricos que insistem em fazer verdade o que parece tão afastado dela.

A autor consegue colocar o leitor em reflexão sobre muitos temas ...
São 13 contos, a escrita do autor é perfeita, intensa em cada colocação, em cada pensamento e a cada conto confesso que parei para refletir sobre a mensagem contida.
Todos os contos fluiram muito bem, 03 deles se destacaram muito para mim. Para quem não conhece a escrita do autor, leiam vale muito a pena. Quando a Francine do Blog My Queem Side comentou que esse livro é um de seus favoritos, fiquei muito curiosa com o livro, e o livro merece grande destaque, pela escrita perfeita e refletiva.

O Gigante

Conta a história de Jurandir que logo ao nascer, suas mãos eram enormes, ficando desproporcional ao resto do corpo, sua mãe o acolheu com muito amor, a mãe sempre ajeitando a situação ajeitando suas mãos embaixo da manta, e logo se normalizou , logo após seus dentes nasceram com um brilho omo o sol, a mãe mais uma vez vou dando um jeito, ele continuou a crescer já em sua adolescência cresceu em uma margem absurda.
Jurandir conseguiu alguns empregos, mas como ele continua enorme, começo a causar alguns estragos, a sociedade o rejeitou, ele se sentia rejeitado. Em uma noite toma uma decisão... 
Eu amei esse conto e me fez refletir que infelizmente vivemos em uma sociedade totalmente cômoda, onde ainda acha que é mais fácil e menos trabalhoso recusar, negar, do que fazer adaptações ao novo. Temos espaço para todos,é triste ver pessoas desistir de achar seu espaço devido a tanta hipocrisia.

Anelisa sangrava rosas 

Desde que nasceu, seguindo a tradição sua placenta foi enterrada e nesse local nasceu flores. em cada dor que sangrava nasciam flores.
E após sua faculdades , ela se envolve com causas sociais, logo se destaca por todo seus empenho, em uma protesto, logo estão em uma parede humana, eles continuam firmes, ao começarem a receber ameaças os demais integrantes começam a se assustar e Anelisa fica firme em sua posição, muitos desistem, quando algo acontece.... e ali naquele local se formou um lindo jardim com as mais variadas flores.

Conto O BEIJO

Um beijo de surpresa e transformou duas vidas, a dele que viu nela algo novo, uma novo frescor em sua vida tão certinha, ela sempre cheia de vida, após um reencontro eles começam uma relação, a cada dia ela tinha um lista com novas e inusitadas coisas a fazer, por algum tempo ele achou tudo bem empolgante, mas após levarem um mendigo para casa e ficarem seus pertences. Ele resolveu dar um basta. Mesmo sentindo muito sua falta. Após algum tempo ele recebeu um recado agradecendo a ele por poder proporcionar os melhores dias de sua vida...
Um conto que lindo, que vale salientar que cada momento é único, por isso é essencial viver cada momento como se fosse o último, valorizar os momentos simples, pois muitas vezes o tempo se torna curto ... e não volta mais.

13 comentários

  1. Heey!
    Eu não conhecia esse livro, mas parece ser excelente, com certeza vai entrar para a minha lista de desejados ^^
    Abraços!
    Blog - Desbravando o Infinito

    ResponderExcluir
  2. Olá!!
    Não conhecia esse livro!!
    Mas parece ser bem intenso.
    Gostei da resenha!!

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Interessante! Não conhecia nem o livro e nem o autor. Fiquei curiosa para conferir a escrita dele. Livros que levam a reflexões são sempre uma boa pedida! :)

    Infinitos Livros

    ResponderExcluir
  4. Olá.
    A capa e o nome do livro me chamaram muita atenção, por um momento fiquei muito curiosa kkkk
    Mas confesso que não gosto de ler contos. Sempre enrolo para ler e acabo não lendo o livro inteiro =/ Mas quem sabe um dia acabe dando uma chance a temática é muito interessante.
    Ótima resenha.

    Beijos
    http://aventurandosenoslivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  5. A capa desse livro é amor e o título instigante e poético. Adoro contos e divagar sobre cada palavra contida neles, espero ter a oportunidade de ler. Também gostei de saber do conto Anelisa sangrava rosas, muito curioso! :D

    ResponderExcluir
  6. Tenho muita vontade de ler esse livro, ele me parece ser MUITO bom! <3
    www.literasutra.com

    ResponderExcluir
  7. Oláá
    Adorei sua resenha, não conhecia o livro ainda mas parece ser bem interessante, ótima dica, vou anotar

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. OIE!!
    Ainda não conhecia o autor, mas como estou em uma vibe de ler contos e poemas talvez eu dê uma chance para o autor futuramente ;)
    bjs

    ResponderExcluir
  9. Oi, tudo bem?

    Fiquei curiosa para saber o que vai acontecer com a Anelisa! Achei o título bem forte e atraente. Com certeza, leria o livro. Gosto muito de contos e gostaria de conferir estes!

    Love, Nina.
    http://ninaeuma.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  10. Adoro ler contos, pra mim são uma forma de conhecer como o autor gosta de trabalhar seus enredos, sem ser em um livro maior. Fiquei muito interessada nestes contos!

    ResponderExcluir
  11. Olá!
    Adorei conhecer esse livro, não costumo ler muitos contos mas gosto bastante e fiquei super interessada por este livro.
    Parabéns pela resenha, bjos!

    luadeneon.com

    ResponderExcluir
  12. Olá! Achei as histórias que você comentou bem criativas. Parecem ser realmente muito bem desenvolvidas e escritas. O título e capa também são bem instigantes. Fiquei curiosa. Beijos!

    ResponderExcluir
  13. Oie, tudo bom?
    Conhecia o livro pela capa e não sabia bem qual era a proposta dele. Achei bem interessante porque curto livros de contos. Fiquei com vontade de ler o conto do beijo.
    Beijos,
    http://livrosyviagens.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir