Os Demônios de Deus - Alexander Mackenzie

14 setembro 2015

Os Demônios de Deus
O acaso é uma armadilha do destino
Os Demônios de Deus # 1
Autor : Alexander Mackenzie
Editora Madras
Páginas 368
Compre no site da Editora
Classificação: 

Alegando sofrer de crises de solidão, Deus irá finalmente falar após anos de silêncio. E ele não poderia ter escolhido melhor pessoa para isso: o Dr. R. Mazal. No consultório em British Columbia, Canadá, um labirinto de verdades é desmoronado. À medida que a terapia segue, a vida do psicólogo entra em completa derrocada, além de estar, sem saber, no centro de uma batalha de forças além da compreensão humana. As revelações de Deus confirmam o darwinismo e rebatem as leituras completamente equivocadas sobre o livre-arbítrio. As confissões divinas não deixam de mergulhar nos mais intrincados mistérios judaicos, trazendo à luz o que foi escondido. No entanto, o enigmático Frederic Burrhus parece ter versões bem diferentes... Aquilo era apenas a ponta do iceberg ! Numa caçada frenética por respostas, o Dr. Mazal entra no centro de uma conspiração sobrenatural. Mesmo amada pelo marido, Petra o trai e esconde um segredo de todos sobre seu passado. A filha, Jane, parecia ser a maior armadilha para o império do anticristo, mas em contrapartida, era também a grande arma secreta de Deus. Para fazer o plano do Soberano prevalecer, a misteriosa família Cohen faz de tudo para que o Dr. Mazal e Jane fiquem nas mãos do inimigo. Nem sempre quem nos apunhala é de fato nosso inimigo. Deus também tem suas artimanhas?“Os demônios de Deus” é a série de suspense mais controversa dos últimos anos!


Quando Deus quer falar, você deve parar para ouvir.

Rodrigo Manzal se tornou o que a maioria de nós almeja, um profissional de sucesso, conhecido e reconhecido por seu talento, sua habilidade de decifrar a mente humana o tornou um dos psicólogos mais famosos do Canadá, constituiu uma família unida e amorosa, uma esposa independente e uma filha brilhante que são motivo de orgulho e adoração. 
O que ninguém sabe é o que se esconde atrás do quadro dessa família feliz. 
O casamento de Rodrigo com Petra está desgastado, e embora ele ainda ame a esposa possui sentimentos conflitantes em relação a sua filha adotiva Jane, que a cada dia deixa de ser a garotinha do papai para se tornar uma linda mulher. Petra por sua vez quer deixar a monotonia de sua casa para viver uma grande aventura, mas não se dá conta do preço que pode pagar para sentir essa adrenalina.

No entanto a vida do Dr. Manzal nunca mais será a mesma, um paciente irá mudar sua trajetória e sua maneira de pensar e agir. 
Em uma manhã Deus o procura, alegando sentir solidão, afinal ele é o único ser onipresente, onipotente e onisciente em todo universo. Em apenas 6 sessões Deus o guiará por um caminho de descobertas e verdades encobertas por séculos, desde a criação do mundo ao livre arbítrio. 

Mas para que exista o equilíbrio celestial, o mesmo tempo que ele dedicar a Deus, deverá também dedicar a Lúcifer, e este também mostrará sua versão dos fatos. Rodrigo se encontra no meio de uma disputa de poder entre o céu e o inferno, onde os amigos passam a ser inimigos, e os inimigos... não se poderia confiar neles não é mesmo? Enquanto os misteriosos planos sobrenaturais começam a ser colocados em prática a família de Rodrigo se vê envolvida de uma maneira inimaginável. Escolha ou escolhidos? Não importa, eles agora tem um único objetivo, sobreviverem a todas as provações.

Os Demônios de Deus é um livro que instiga o leitor do início ao fim, os diálogos são bem construídos e as discussões filosóficas bem elaboradas. 

Para quem não está habituado a livros com conteúdo teológico poderá se sentir um pouco perdido no começo da leitura, no entanto tudo é explicado nos mínimos detalhes facilitando o entendimento. 
Ultrapassando a superficialidade o livro tendo a cativar leitores mais exigentes. Aguardo ansiosamente a continuação, Las Vegas, o Esconderijo de Deus para desvendar o grande mistério envolvendo os personagens. 

Quotes 
“Estava convicta que certos mistérios deveriam permanecer escondidos para sempre” Pág. 23 
“O olhar de Deus estava imóvel. O cristalino dos olhos parecia translúcido e podia perceber um vácuo interior que o tomava”. Pág 31
“Ele não a enganou, você se deixou ser enganar por ele. Você criou expectativas e ficções sobre quem ele era” Pág. 190 
“... Deus costuma sempre escolher e dar honra ao filho errado...” Pág. 306 
“Que plano genialmente diabólico!” Pág 349

Resenha por Juliane Souza 

17 comentários

  1. Oiee!!
    Estou para receber esse livro para resenhar, e confesso que estava receosa em relação ao enredo.
    Mas a sua resenha clareou para mim, e acho vou realmente gostar dessa historia diferente!
    Seria incrível conversar tanto com Deus como com o Demônio!!
    Livros que abordam a teologia de forma esclarecida facilita mesmo o entendimento, já que o assunto é de difícil clareza!
    Não vejo a hora de te-lo em mão para ler e tirar minhas próprias conclusões!!
    Bejos

    ResponderExcluir
  2. Olá! A temática me lembrou um pouco do livro A Cabana. Mas, li que é um suspense e pela sua resenha, parece ser bem emocionante e bem reflexivo. Beijos!

    http://livrosepergaminhos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. Olá já li alguns livros nesse estilo, confesso que uns que uns não me cativaram tanto, vou por esse na minha lista fiquei curiosa, bjos.

    http://yuugracindo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oláá!

    Eu não li esse livro ainda, mas lembro do seu lançamento. Não tenho muita vontade de ler pois não é um tema muito atrativo para mim.
    Mas fico muiiito feliz em saber que a leitura te agradou e que está ansiosa para o segundo volume!


    Beijinhos,
    www.entrechocolatesemusicas.com

    ResponderExcluir
  5. Oiii
    Gostei da resenha, mais o gênero literário não me agrada.
    então não fiquei curiosa para ler o livro.
    beijos
    www.marichic.com

    ResponderExcluir
  6. Olá Juliane, que história interessante, fiquei bem instigada de saber o que acontece, não conhecia o autor e o livro, adorei a resenha e anotei para minhas próximas leituras.
    Bjkas
    Dani Casquet- Livros, a Janela da Imaginação

    ResponderExcluir
  7. Oláá´
    Poxa, eu tenho o livro aqui mas sou meio pé atrás para o ler por enquanto, espero tomar coragem em breve e ler, sua resenha está ótima.

    Beijos
    http://realityofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. Olá!
    Eu já tinha lido sobre o livro, mas como não é meu gênero, deixei pra lá.
    Estou lendo um que tem essa mesma ideia... vc começa achando que é religioso e depois entra numas de assassinatos e conspirações, mas eu ainda não saí da parte do religioso, então está bem devagar!
    Abs

    Raquel

    www.letrascomcafeína.com.br

    ResponderExcluir
  9. Olá Juliane, apesar do livro parece ser muito bem escrito, mas o tema dele não é algo que eu curta ler, então vou deixar essa dica passar =)

    Visite "Meu Mundo, Meu Estilo"

    ResponderExcluir
  10. Olá, tudo bem?

    Apesar de não ter gostado muito da capa do livro, achei a premissa genial. Isso, somado ao fato de que o a narrativa prende o leitor e que os diálogos são bem construidos, o resultado só pode ser puro sucesso. Confesso que quando vi o título no começo da resenha achei que era sobre religião e já ia desistir, mas pelos elogios, vou ver se compro até o final do ano.

    Abraços,
    Matheus Braga
    Vida de Leitor - http://vidadeleitor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Oi Joyce, linda, tudo bem???
    Bom eu particularmente não curti o enredo e nem a proposta do autor... sinceramente achei bem fraquinha... quando as pessoas começaram a receber esse livro em casa de parceria... torci para não receber e ainda bem que não aconteceu uhuuu.... sei que curtiu a leitura e tudo mais, só que pra mim a história não ia funcionar... Xero!!

    http://minhasescriturasdih.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  12. Olá, Juliane. Esse livro parece ser legal. Apesar de não conhecer muito teologia, você acaba descobrindo coisas e, lendo atentamente, entendendo a história. Só senti falta de algo mais critico de sua parte. Sobre o que você achou dos personagens, da escrita do autor e da formatação do livro. Gosto muito de saber sobre esses aspectos. Pra mim, é bastante importante. Adorei a Premissa! :)

    http://porredelivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  13. Não sabia que teria continuação, isso me desanimou bastante... e também não curti essa questão de "sentimentos conflitantes" em relação à filha adotiva... Apesar de ter gostado muito da premissa, dessa questão de Deus procurar o Rodrigo alegando sentir solidão, depois de saber um pouco mais sobre o livro acho que não leria.

    Beijo!

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  14. Não sei nem o que pensar sobre esse livro...
    Acho religião um assunto muito delicado de se abordar, e as afirmações que a sinopse apresenta, já não me cativou haha
    Acho que não leria, mas quem sabe...

    Beijinhos ;*
    http://www.guardiadebibliotecas.com.br/

    ResponderExcluir
  15. Oi Juliane, tudo bem? Parece ser um livro interessante e com uma premissa bem reflexiva, mas não sei se leria... não costumo ler livros com conteúdos religiosos, pois acho algo bem delicado e algumas coisas vão contra as minhas crenças. Mas quem sabe!? Mas saber que tem continuação não me anima muito.

    Beijinhos,

    Rafaella Lima // Vamos Falar de Livros?

    ResponderExcluir
  16. Oi Juliane, estava meio em cima do muro com este livro, e não tinha lido nenhuma resenha dele ainda, então já agradeço a resenha, pois tirou algumas dúvidas que eu tinha.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir