Histeria - Katherine Howe

30 outubro 2015

Histeria
Inspirado na História das Bruxas de Salem
Autora Katherine Howe
Editora Globo
Páginas 392
Skoob
Compre no site da Globo Alt
Classificação:

Histeria narra os estranhos eventos envolvendo uma misteriosa epidemia que afeta as alunas do Ensino Médio na cidade de Danvers, Massachusetts. Subitamente, meninas à espera do resultado das universidades apresentam sintomas estranhos – convulsões, crises de tosse e queda de cabelo –, o que espalha pânico e dá início a especulações na St. Joan Academy. Reação alérgica à vacina contra HPV, poluição ambiental, estresse coletivo... Ou elas estariam apenas fingindo?É quando uma das estudantes percebe semelhanças entre o que acontece com suas amigas e algo que ocorreu há mais de 300 anos: o julgamento das Bruxas de Salem, episódio no qual 20 pessoas foram condenadas à morte por praticar feitiçaria. Fazendo uma atividade complementar, Colleen Rowley precisa ler os relatos da época e começa a notar que talvez exista mais por trás da doença misteriosa que aflige suas colegas.Katherine Howe se inspirou no episódio real que aconteceu em 2012 em Le Roy, em Nova York, quando meninas do Ensino Médio começaram a ter distúrbios inexplicáveis. Na época, a autora trabalhava a peça As bruxas de Salem, de Arthur Miller, na faculdade em que lecionava. As semelhanças entre os dois casos fizeram com que Howe intercalasse capítulos narrados por Colleen, em 2012, e Ann, uma das garotas suspeitas de estar envolvidas com feitiçaria, em 1706.Com doses de suspense, história e inquietação adolescente, a autora constrói uma trama que cativa o leitor, criando uma atmosfera tensa e misteriosa. Ao mesmo tempo, Howe retrata com fidelidade o clima de extrema competitividade acadêmica e mostra como os sentimentos podem se revelar de maneiras misteriosas.



Os capítlos são narrados em dois períodos diferentes em 1706 conta a história de Ann, uma menina normal, com amigas como Betty e Abby, suas amigas começam a ficar com manchas no corpo avermelhadas e gritam sobre alguém querer que elas assinem um livro. Ainn será de suma importância nessa fase, pois as meninas começam a acusar pessoas de serem bruxas, e ter pactos com o Diabo. Levando 20 pessoas a julgamento por Bruxaria. Será que as meninas dizem a verdade ou estão apenas fingido ? Você irá descobrir no final do livro. 

Em 2012 vamos conhecer Colleen e suas amigas que estudam em uma escola particular, e logo alguns episódios começam a afetar algumas alunas que passam mal na escola, desmaiam, se debatem, caem os cabelos , inclusive com a mais popular da escola.

A escola tenta de todas maneiras abafar sobre o caso, mas a mídia não deixa cair no esquecimento.

Colleen vai fazer um trabalho sugerido por sua professora de história sobre o livro as Bruxas de Salém e seus personagens, e irá perceber muita semelhança em tudo que está acontecendo no momento.


O final foi bem condizente com todo o livro, foi calmo, os personagens seguiram com suas vidas, nossa protagonista estava esperando uma vaga em sua universidade dos sonhos.

A autora deixou no ar um dúvida sobre quem realmente é capaz de feitiçaria.


A história não fluiu muito bem para mim, faltou aquele ápice no livro, tudo foi narrado de maneira branda, o fato da escola tentar manipular pais e alunos com relação a verdade me irritou um pouco.

Os personagens são adolescentes, e para algumas cenas há aquele exagero na forma de encarar alguns problemas e situações em ambos os períodos.

A escrita da autora é muito boa, apenas não me conectei com o enredo e os personagens da maneira que esperava. Quando li que foi baseado nas Bruxas de Salém me empolguei, uma pena que o livro não atendeu minhas expectativas.


Li em e-book em cortesia da Editora, revisão e diagramação muito bem feita.




A PRÓXIMA PISTA ESTARÁ NO BLOG : CANTINHO PARA LEITURA
  

11 comentários

  1. Oi Joyce,

    Não sabia da existência desse livro.Caso eu tenha oportunidade de ler, seria para matar minha curiosidade.

    Bjos

    http://historiasexistemparaseremcontadas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi Joyce!! Fiquei super empolgada quando li "Bruxas de Salem" e super desanimada ao ler "adolescentes" rsrsrs. Fiquei curiosa para conhecer o enredo, sendo assim não direi que será um livro que não irei ler. Mas não senti tanto desejo entende?
    A resenha está maravilhosa e esclarecedora.
    Beeijos

    ResponderExcluir
  3. Olá.
    Adoro temas que envolvam bruxas, mas bruxas adolescentes? Hum sei não rsrs, gosto do tema bruxas por não ter tantos mimis e adolescentes tem muitos mimis rsrsrs então fico receosa rsrsrs, mas em suma gostei da sinopse, o enredo parecer ser bem cativante.
    Adorei a resenha parabéns.

    Bjs
    http://nosleitoras.com/

    ResponderExcluir
  4. Olá Joyce! mesmo você tendo dito que a leitura fica sem entusiasmo, fiquei curiosa para saber o que iria acontecer com essas moças, tanto no século passado quanto no atual, bela resenha, beijos.

    http://livrosepergaminhos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Oi, Joyce, tudo bem?
    Eu não conhecia o livro, mas a sinopse e a premissa me chamaram bastante a atenção. Só fiquei um pouco decepcionada pelo livro deixar algumas, algumas perguntas sem resposta. Acho que a autora poderia ter explorado mais uma premissa tão bacana, né!? Ainda assim, gostaria de poder ler essa história (principalmente pela primeira narrativa, que se passa no século XVIII).

    Parabéns pela resenha!

    Beijos,
    Amanda
    http://www.confissoesfemininas.com/

    ResponderExcluir
  6. Oi Joyce, tudo bom? Poooooxaaaaaa... eu adoro essa coisa de bruxas, bruxaria, tô inclusive lendo um sobre bruxas da série Primos O'dweyr da Nora Roberts. Que pena que o livro não atendeu as suas expectativas, a história parecia ser bem legal. Seria uma leitura que me interessaria.Parabéns pela resenha e pela sinceridade. Bjossssss

    http://porredelivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Olá, tudo bem?

    Pelo que descreveu, acho que também teria uma reação parecida com a sua, pois já comecei a ler a resenha todo empolgado por ter visto sobre as Bruxas de Salém na capa, aí você fala que o final foi calmo e que deixa a dúvida no ar sobre a feitiçaria, tenho certeza que isso iria me matar de ódio HAHAHA. A capa não é muito bonita, e como você não conseguiu se conectar com os personagens da forma que queria, vou deixar a dica passar.

    Abraços,
    Matheus Braga
    Vida de Leitor - http://vidadeleitor.blogspot.com.br/


    ResponderExcluir
  8. Oie, tudo bem?
    Sua resenha me deixou na duvida se um dia vou ler ou não rsrs
    Por um lado, tem as bruxas, que acho interessante e por outro não ter o climax e ser tudo tão calmo. Não sei, gosto de ação. Mas como tenho muitos livros para ler, vou deixar essa dica passar.

    Beijos
    Academia Literária DF

    ResponderExcluir
  9. Oi Joyce, sua linda, tudo bem
    Fiquei interessada em saber se na primeira parte da história era verdade, ou não. Aí, na segunda parte da história, com uma passagem de tempo considerável, a história se repete. Então, já tive a impressão que não era mentira, só que você fez um comentário: que fica no ar a questão de quem é realmente capaz de feitiçaria. Com isso as dúvidas voltaram. Que pena que não conseguiu se conectar, pois o enredo parecia ser ótimo. Mas acontece. Gostei da sinceridade da sua resenha.
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Oi Joyce, tudo bem?
    Com certeza saber que a história foi baseada em Bruxas de Salém me chama muita atenção e por isso fiquei com vontade de ler o livro. Que pena que a história não atendeu as suas expectativas, odeio quando isso acontece.

    Bjs, Glaucia.
    www.maisquelivros.com

    ResponderExcluir
  11. Oie, Joyce!
    Como você, me empolguei com a referência a bruxas de Salem na capa. Se não tivesse lido sua resenha e encontrasse o livro por aí, certamente compraria. Uma pena que não tenha gostado, mas também é bom que compartilhou sua opinião. Perdi a vontade de ler.

    Com carinho,
    Celly.

    http://melivrandoblog.blogspot.com/

    ResponderExcluir