O Garoto dos Olhos Azuis - Raiza Varella

16 outubro 2015

O garoto dos Olhos Azuis
Autora Raiza Varella 
Editora Pandorga 
Páginas 352 
Compre no site da Editora 
Classificação:

O príncipe encantado existe?Bárbara é linda, loira e bem-sucedida. Desde que assistiu a uma cerimônia de casamento pela primeira vez, ainda criança, seu sonho é apenas um: percorrer o tapete vermelho da igreja, vestida de noiva. Porém, contrariando todas as suas expectativas, ao ser abandonada no altar, a vida de Bárbara desmorona. Ela decide voltar à cidade natal e passa a viver com os irmãos e mais dois amigos. Todos homens. Com a ajuda de Vivian, uma espécie de Barbie Malibu, Bárbara tenta superar sua decepção amorosa recente e uma da adolescência, que volta com tudo à sua memória: o garoto dos olhos azuis. Será que o cavalo branco só passa uma vez? É isso que Bárbara vai descobrir com bom humor, jogo de cintura e uma pitada de neurose, em O Garoto dos Olhos Azuis, romance de estreia de Raiza Varella.



Ela buscava o que muitos hoje em dia não se preocupam muito, que é a reciprocidade do amor .... 

Barbara começa o livro com uma decepção que poucos aguentam, seu noivo a abandona no altar, e ainda tem a traição de duas amigas que dividiam o apartamento. 
Seu coração ficou despedaçado, se refugiu na casa de seus pais para colar os cacos de seu pobre coração. 
Curtido sua dor a ponto de não tomar banho, sua família resolve interferir, seus irmãos não a deixam continuar assim, insistem e oferecem ajuda a convidando para morar com eles. Quando a situação na casa de sua mãe começa a fugir do controle ela resolve ir morar com eles. 
Além de seus irmãos moram lá Ian um médico, e Bernardo um Delegado, ainda curtindo sua depressão Barbara é uma tremenda atrapalhada e imã para confusões, Ian chega antes do tempo previsto e ela já comeu seu sorvete favorito não antes de deixa-ló para fora do apartamento, detalhe ele é o dono. 
Ian é lindo e ao mesmo tempo, direto e implicante ainda mais com quem rouba seu sorvete, tem uma gata alérgica a lactose. 
Já em seu primeiro jantar com ele, ela tem uma crise alérgica . 
Vivian irmã de Ian vai ajudar a cuidar e quem sabe dar um ânimo a Babi, ela é muito alto astral, falante e logo se tornam amigas. 

Ao poucos Babi vai tentando retornar sua vida, mas antes precisa encerrar esse capítulo com seu ex noivo, e mais confusões sendo salva por Ian. 
Ian está sempre ao lado de Babi e logo ambos vão deixar os sentimentos falarem mais alto, porém quando tudo parece estar bem, o destino chega com uma novidade, que irá colocar a prova o amor dos dois. 
Será que Ian vai convencer que a ama verdadeiramente? 

Um final digno de contos de fadas . 

Eu simplesmente amei esse livro vou contar a vocês quais as razões . 
Perceberam que não contei muito do livro, pois a autora trouxe tantos elementos surpresas nesse livro que já havia me conquistado. 
As cenas engraçadas me garantiu ótimas risadas. 
Agora vou falar dessa maravilhosa construção dos protagonistas e personagens secundários 

Barbara é uma personagem que me conquistou pelo seu sonho que não era o casamento em si , mas encontrar alguém que a olhasse com os olhos do amor, aquele olhar que brilha que faz nascer um sorriso de orgulho por saber que aquela pessoa te completa, normalmente os personagens buscam o amor, mas Babi ia além disso ... achei lindo . 
E a forma como lidou com toda essa traição, eu como pessoa fiquei com muita raiva da situação e falta de caráter das amigas e principalmente do noivo, mesmo com toda dor, deixou sua vida seguir em frente. 

O que dizer do Ian gente, perfeito, lindo, ama sorvete de café, não mexam em seu sorvete hein, mas além de sua beleza ele tem um coração repleto de amor a dar a Babi, seus gestos durante todo o livro demonstraram o imenso sentimento que sente por ela, os cuidados a preocupação. E sim meninas ele a olhou refletindo que ela era seu mundo. 

Vivian se mostrou uma grande amiga e apaixonada por um dos meninos, que formaram um lindo casal. 

A autora destacou a importância de uma base familiar sólida, pois quando os problemas apertam, foi ali no porto seguro de sua família que buscou conforto. 
A leitura fluiu muito bem, confesso que não conseguia largar o livro, quando por algum motivo parava a leitura ficava pensando nos desfechos quais seriam ou recordava as cenas engraçadas. 
Eu já havia lido muitos elogios a esse livro, mas ele me encantou pela forma que os temas foram abordados de maneira leve, engraçada e acima de tudo pelo amor de nossos protagonistas. 

Os vilões tiveram grande destaque devido a frieza de seus atos. 

A capa está linda, reflete os sonhos de nossa protagonista, mesmo não combinando com o título do livro. diagramação simples, não encontrei erros de ortografia. 

Para quem gosta de um romance lindo, cenas engraçadas e um amor verdadeiro não pode deixar de ler.

Quotes
"Eu sei perdoar sim, mas isso não quer dizer que eu queira ver ou conviver com quem me machuca." Babi
"Foi quando eu vi estrelas e senti as borboletas dançarem no meu estômago pela segunda vez na minha vida ..." Babi
"Você é diferente ..." Ian
"Ele era a luz onde havia apenas escuridão, ele coloria meu mundo com um simples sorriso." Babi
"Você era minha, seria minha de um jeito ou do outro." Ian
"Porque eu nunca senti por ninguém o que sinto por ela. Porque ela é única, é linda, é meiga e extremamente chata como só ela conseguiria ser, porque ela é meu primeiro e último pensamento do dia, porque seu cheiro me deixa louco e seu sorriso me desarma. Eu faria tudo por ela." Ian
Música que embalou o livro



8 comentários

  1. A cada resenha que leio desse livro me apaixono mais e a vontade cresce mais ainda também
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  2. Oiii!

    Eu adorei a leitura desse livro, foi super rápida e divertida. Barbara é uma ótima pessoa, sofreu muito e foi evoluindo com o passar das leituras, eu achei que -como a autora adora uma comédia romantica - acertou em cheio no enredo. Dá uma ótima adaptação :D

    Oiii!


    ADOOOORO Romance de Época <3 <3 <3
    Como não se encantar com esses enredos que por mais clichês que são nos prende do inicio ao fim! HAHAHA
    Adorei saber da personalidade da personagem, gosto quando são decidas.
    Só não leria agora por que é uma série e eu tô beeeeeeeem atrasada aqui ><


    Beijinhos,
    www.entrechocolatesemusicas.com

    ResponderExcluir
  3. Amei muito esse livro. Ele é engraçado, é leve, e nos conta uma linda história. A estrutura familiar é mesmo muito importante, e achei bem legal a autora demonstrar isso. E o tipo de amor que a Babi procura é lindo. Uma leitura viciante, não consegui largar o livro antes de chegar ao fim.

    Beijo.

    Ju
    Entre Palcos e Livros

    ResponderExcluir
  4. Oi, Joyce!
    À primeira vista o livro não me interessou, mas vendo sua opinião e das meninas que também leram (aqui nos comentários), dá pra ver que a história tem potencial mesmo com o clichê. Agora é impossível pensar em aumentar a fila, mas quem sabe no futuro? Fiquei curiosa!
    Beijinhos!
    Giulia - www.prazermechamolivro.com

    ResponderExcluir
  5. Oi Joyce, sua linda, tudo bem
    Você leu!!!!!!! Eu amei esse livro!!!!!! Ian é tudo de bom!!!!!! Eu me diverti muito, principalmente com a cena inicial do livro. Que família que ela tem, todo mundo vai querer ter uma igual. É um livro perfeito para as românticas de plantão. Joyce, o que foram aquelas amigas dela, deu vontade de ir lá defendê-la!!! São umas bruxas!!!!!!! Risos.... Eu queria que todo mundo lesse ler!!!!!! Sua resenha ficou ótima e me deixou suspirando de saudades de um tal garoto de olhos azuis!!!!!!!!
    beijinhos.
    cila.
    http://cantinhoparaleitura.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi Joyce, tudo bem? Eu também morri de amores por esse livro e pelo Ian. A autora criou uma história tão leve e divertida que ficou impossível não se apaixonar. Morri de raiva das amigas falsas da Bárbara, mas torci muito para ela dar a volta por cima e ser feliz. Adorei sua resenha.

    Bjs, Glaucia.
    www.maisquelivros.com

    ResponderExcluir
  7. Ooi! Também acho a capa desse livro linda e a premissa maravilhosa. Bom saber que o livro tem seus momentos engraçados, as vezes sinto falta disso nas obras ainda mais quando se trata de romance. Coisas muito sérias nesse gênero acabam me deixando desconfortável e até me faz não gostar.
    Sobre o Ian: Sorvete de cafe? haha acho que eu nunca mexeria no sorvete dele, odeio café. De todo o mais que descrição maravilhosa.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  8. Oi Joyce,
    Um conto de fadas moderno, gostei!
    Achei mais interessante a autora não abordar o clichê do amor, que tanto há em literaturas do gênero, mas mostrou a busca de igualdade, um amor recíproco sem muito blablabla.
    Agora sobre o noivo e as amigas... Gente fiquei curiosa. O que eles fizeram? OK, ele abandonou ela, mas as amigas tem algo por trás desta decisão.
    Acho que para saber preciso ler. Hahahahhaa
    Adorei a resenha, vou adicionar a minha lista de leituras.

    Beijos Ana Zuky.

    ResponderExcluir