Entrevista com Juliana Costa



Julianna publicou seu primeiro livro, A Idade do Sangue: Agnus Dei, em 2012. Inicialmente uma edição do autor. Em 2013 seu romance chamou a atenção da Editora Grimório e o livro foi relançado.

A série “A Idade do Sangue” foi desenvolvida ao longo de seis anos. O primeiro livro se chama “Agnus Dei” e concorreu ao Prêmio Glória Pondé de Literatura Juvenil pela Fundação Biblioteca Nacional.
Em 2013, organiza a antologia Desejos pela Editora Buriti. Em 2014, Julianna lança sua obra de estreia no gênero erótico: 23 Noites de Prazer, publicado pela editora Universo dos Livros. A obra marcou presença na lista dos 20 livros nacionais mais vendidos do país por dois meses consecutivos após seu lançamento, chegando ao 9º lugar na lista. Ainda em 2014, organiza a antologia “Fãs” pela Editora Buriti e lança seu segundo livro no gênero erótico 4 Semanas de Prazer, na Bienal do Livro de São Paulo.



Entrevista: 



LE – Como escolheu pelo gênero hot , ou surgiu livremente conforme ia escrevendo ?


Foi um experimento. Eu comecei escrevendo fantasia com um toque de erotismo, mas sentia dificuldade quando queria elaborar algumas cenas eróticas. Aí eu comecei a praticar escrever cenas avulsas para pegar maior naturalidade com a escrita do gênero. Acabei postando algumas histórias e me viciando! hahah


LE – Seus livros são um grande sucesso, imaginou que seria assim?


A gente sempre trabalha duro para que o leitor aprove, mas a gente nunca tem certeza como vai ser. Foi uma surpresa muito gostosa!


LE – Qual a solução para acabar com a pirataria?


Acho que pirataria é um problema muito complexo. Infelizmente, não vejo uma solução imediata, apenas paliativos. Um dos mais importantes é a união e apoio mútuo entre escritores. A troca de ideias, sugestões e incentivos realmente faz a diferença. 

LE – Como foi a construção dos protagonistas de alguns Anos?


Surgiu a partir de 4 Semanas de Prazer. Eu queria que os protagonistas fizessem o caminho inverso do primeiro livro, e fosse ela quem ajudasse ele a abandonar o rancor. A base dos dois já estava pronta desde 4 Semanas, então eu só precisei elaborar a partir daí. 


LE – Existe algum personagem que tenha muito da Juliana Costa?


Acho que todos eles têm um pouco hahah Sejam qualidades ou defeitos, seja mais ou menos, eu sempre gosto de colocar um pouquinho de mim na maioria dos personagens que escrevo. 


LE – Quais autores nacionais do gênero hot você costuma ler? 


Nana Pauvolih, Camila Moreira, Janaina Rico – apesar de ser mais chick lit e não especificamente hot – Mila Wander, Vanessa de Cássia... 


LE – Fale um pouco sobre seus lançamentos e novos projetos 

Esse ano tenho 4 lançamentos no forno! Todos pela Universo dos Livros. A continuação – e parte final – de Sem Vergonha, que vai se chamar “Sem Pudor”, e a trilogia Negligê, que é provavelmente o livro mais trabalhoso que já escrevi hahah A história se passa em uma escola de sexo e foram mais de seis meses de pesquisa antes de começar a escrever. Espero que os leitores gostem! Fora isso, quero explorar autopublicação um pouco mais. Tenho me dedicado bastante a postagens no wattpad e pretendo lançar mais alguns ebooks esse ano. O primeiro deles deve ser O Pescador de Sereias, que mistura fantasia com romance e um erotismo mais suave do que eu normalmente escrevo. Já tenho outros roteiros prontos, mas ainda não sei a qual vou me dedicar mais. 


LE – Como deixar as cenas sensuais na medida certa sem exageros? 

Eu acho que “medida certa” pode ser um conceito subjetivo, porque depende bastante do que interesse o leitor. Eu, sinceramente, não vejo problemas com pornografia. Acho que é um gênero como qualquer outro, mas que sofre um preconceito desnecessário. Eu gosto de dançar dos dois lados. Alguns de meus livros trazem mais romance – como 4 Semanas de Prazer e Alguns Anos – ou aventura – como Sem Vergonha – combinado a um erotismo moderado. Outros trazem um erotismo mais suave – como O Pescador de Sereias – e outros trazem um erotismo pornográfico – como Malícia e Negligê. Então, eu gosto de fazer cenas eróticas diferentes. Mas confesso, que meu verdadeiro gosto é pelo explícito. 


LE – Além de escritora, tem outra profissão? 


Advogada não praticante hahah 


LE – Como surgiu a Juliana escritora? 

Acho que ela sempre existiu. Foi só uma questão de encontrá-la e lhe dar uma chance para respirar.


Livros publicados


Sem Vergonha


Julianna Costa, autora de 23 noites de prazer e 4 semanas de prazer, lança seu novo romance, Sem Vergonha, que traz Mina Bault e Ryker Strome em uma intensa e perigosa fuga pela Europa. Mina é uma jovem bem-sucedida profissional e academicamente. No entanto, nem todos os setores de sua vida possuem tanto êxito, pois sua virgindade continua intacta mesmo após tantas tentativas de perdê-la. Então, Mina contrata um garoto de programa para enfim solucionar esse pequeno "problema". Após alguns incidentes bem inusitados entre quatro paredes, Mina decide voltar para casa. No caminho, ela e Ryker– o garoto de programa – se tornam testemunhas de um crime cometido pela máfia russa em Paris e, consequentemente, se tornam alvos dessa organização. Essa única noite terminará com os dois fugindo para a Holanda a fim de salvarem suas vidas. Contudo, apesar do perigo eminente, ambos se deixam envolver por uma atração avassaladora e talvez a noite de Amsterdã seja muito convidativa para que Mina tente, mais uma vez, entregar-se de corpo e alma a Ryker.



Alguns anos


Apaixonada pelo herdeiro de uma família rica, Dominique sabe que suas origens humildes não são bem vistas pelos parentes de Gregory. Mas quando o teste de gravidez anuncia que ela está esperando um filho, a última coisa que ela imaginaria era que a avó dele lhe ofereceria alguns milhões de euros para abortar e desaparecer.Uma conversa errada, um engano e agora Dom precisa desaparecer para salvar a vida de seu filho até o momento do reencontro chegar. Mas será que alguns anos serão suficientes para apagar as mágoas do passado? Ou será que alguns anos é tudo que um amor precisa para acabar?


04 semanas de prazer


Depois do sucesso de 23 noites de prazer, a autora best-seller Julianna Costa lança seu segundo romance, que é ainda mais sensual e apaixonante.Dominique Thoen é uma advogada competente e ambiciosa, uma mulher independente que não guarda espaço na sua vida para relacionamentos de qualquer tipo. A raiva que nutre pelo seu colega de trabalho, Gregory Holt, se compara apenas ao desejo secreto que sente por ele. Uma sequência de desventuras, no entanto, leva Gregory a filmar Dominique em um momento íntimo e, no ímpeto de ensinar uma lição àquela mulher impiedosa, ele a chantageia.Dominique vai aprender a aceitar o desejo insuportável que sente por Gregory sem saber que, do outro lado, ele trava uma batalha idêntica. Juntos vão se aventurar por uma relação sensual, provocante e cada vez mais quente.



23 noites de prazer


Nahia era uma garota tímida, insegura e insatisfeita com o seu trabalho em uma editora. Até conhecer, literalmente, o homem dos seus sonhos. Ao visitá-la durante as noites, Amadeo libertou seus desejos sexuais mais profundos e, desde então, ela teve as experiências mais sensuais, quentes e inusitadas que uma mulher poderia ter!Essas aventuras ardentes a transformarão em uma mulher confiante e deslumbrante, pronta para desafiar todos ao seu redor para fazer a coisa certa e publicar o livro mais cobiçado do momento! 



Postar um comentário

Olá.
Ótima entrevista.
Ainda não conhecia a autora e seus livros, mas romances erótico não é muito a minha praia, mas de vez em quando eu saio da minha zona de conforto e leio algum. hehehe
Sucesso à autora.

Beijos
http://aventurandosenoslivros.blogspot.com.br

Oi!!!
Adorei conhecer a escritora e suas obras! Parabéns pela entrevista!

Bjs
www.livrosdabeta.blogspot.com.br

Oi Joy, tudo bem?

Não me identifico com romances sensuais. Concordo com a autora quando ela fala que uma "medida certa" na sensualidade é algo bem subjetivo. Tem quem goste de muito e outros, como eu, que não embarcam nessa vibe.Achei a autora super simpática.

beijos
Kel
www.porumaboaleitura.com.br

Gente, não sabia que ela é a autora de Sem Vergonha, quero demais ler os livros.Amei conhecer mais uma autora nacional de livros hots, li apenas um que me agradou e gostei de conhecê-la, quem sabe não comece a entrar nesse mundo de vez por algum livo dela. Amei a entrevista, adoro, sempre conheço rostos novos.

bjs

Interessante a história da autora com livros eróticos, treinar escrever cenas eróticas deve ser realmente viciante. Apreciei a entrevista.

oi, tudo bem?
eu já li todos os livros de romance eróticos da Julianna e só posso dizer que sou uma fã de carteirinha! Estou super desesperada para ler Sem pudor, e já fiquei curiosa com essa nova trilogia, ainda mais pela extensa pesquisa que envolveu.
A Ju é uma fofa, super simpática e atenciosa, e é sempre um prazer saber um pouquinho mais sobre seu trabalho.
beijos
http://meumundinhoficticio.blogspot.com.br/

Oi, tudo bem?

Adoro ler entrevistas com os autores, acho super bom conhecer o mercado, muitas vezes, desconhecido. O gênero hot me agrada moderadamente, mas não fiquei com vontade de conferir os livros da Juliana. Achei os títulos meio apelativos demais e algumas capas também. Não acho legal. Mas a entrevista tá super boa. Acho bom que mulheres escritoras estejam encontrando no mercado, independentemente de todo o preconceito e julgamento. Sucesso a ela! :)

Love, Nina.
http://ninaeuma.blogspot.com/

Oi !
Não sou muito chegada em um livro hot, mas leio, contanto que a história seja boa, não adianta só ter cenas de pegação, pra mim não rola, tem que ter a história. E, nossa, ela escreve muito (Olha o tanto de publicações!) Espero que continue assim e desejo sorte a carreira independente, é um caminho difícil, mas o benefícios são os melhores. Não fiquei muito interessada nas obras da autora, infelizmente. Vou muito pela capa e título, e eles não encheram os meus olhos.

Abraços,
Karina do blog Eu e Minha Cultura.

Não curtia esse tipo de literatura, talvez, em razão de um preconceito inconsciente etc. Todavia, busquei ler algo completamente avesso a literatura jurídica e encontrei 23 noites de prazer. O livro é excelente! Fiquei satisfeitíssimo com a escrita. Por isso, parabéns a Dra. Juliana. Foi ótimo saber que é advogada rs... sucesso!

Não curtia esse tipo de literatura, talvez, em razão de um preconceito inconsciente etc. Todavia, busquei ler algo completamente avesso a literatura jurídica e encontrei 23 noites de prazer. O livro é excelente! Fiquei satisfeitíssimo com a escrita. Por isso, parabéns a Dra. Juliana. Foi ótimo saber que é advogada rs... sucesso!

[blogger][facebook]

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget