Uma Mulher Livre - Danielle Steel

21 julho 2016

Uma Mulher Livre
Autora Danielle Steel
Editora Record
Páginas: 294 
Skoob
Pesquise e Compre

Dos deslumbrantes salões de baile de Manhattan para os horrores da Primeira Guerra Mundial, Danielle Steel nos leva para um mundo fascinante de uma jovem de espírito indomável. Nascida numa vida de luxo e glamour, Annabelle Worthington carrega o sobrenome, e a nobreza, de uma das famílias mais influentes de Nova York. Até que, num dia cinzento de abril, o Titanic afunda, levando junto o seu mundo. Seus pais e seu irmão mais velho estavam na viagem inaugural do majestoso navio, e apenas sua mãe sobreviveu. Para tentar confortar seu coração, Annabelle se voluntaria para trabalhar em um hospital, ajudando a cuidar dos enfermos, onde descobre sua verdadeira vocação. E, quando um homem nobre a pede em casamento, ela acredita que, enfim, voltará a ter dias felizes. Porém, novamente, o destino lhe prega uma peça, colocando-a no centro de um escândalo. Para fugir da tristeza que sua vida se tornou, ela vai para a Europa trabalhar no front da Primeira Guerra Mundial, ajudando a salvar os feridos. Na França, no auge do conflito, Annabelle consegue realizar um grande sonho: estudar medicina. O problema é que, mais uma vez, sua fé é colocada à prova, e ela precisará tentar retirar forças de uma grande tragédia se quiser renascer para uma nova vida. Com uma narrativa de tirar o fôlego e repleta de detalhes históricos, Danielle Steel nos apresenta uma de suas personagens mais fascinantes e singulares, e sua história inspiradora de dignidade, coragem e amor pela vida.


Um livro maravilhoso regado a muita força e coragem para recomeçar.

Annabelle tem uma família prestigiada e unida, seu irmão Robert, sua mãe Consuelo e seu pai, eles estavam programando uma viagem mas como ficou doente e não pode ir, ficando em casa.
Pouco antes do retorno de seus pais e irmão, Annabelle recebe a triste notícia que o navio Titanic teve um acidente,  com muitas pessoas mortas, entre o desespero e a esperança ela descobre que somente sua mãe sobreviveu.
Sua vida a partir desse momento começa a mudar muito, de luto ao lado de sua mãe sempre, elas passam alguns dias como voluntárias nos hospitais auxiliando os doentes.
Sua melhor amiga Hertie está com seu casamento marcado toda animada, nesse tempo Josiah um belo homem que fora amigo de seu pai começa a frequentar a casa de Annabelle, muito espirituoso, gentil, ele se aproxima cada dia mais dela.

Annabelle acalenta o sonho de se tornar enfermeira ou até mesmo médica, ela divide com Josiah esse seu segredo, uma vez que sua mãe não aprova esse desejo de sua filha, após o luto, Josiah a pede em casamento, ela aceita feliz ambos tem tantas afinidades, se dão tão bem, após algum tempo de casada, ela segue feliz sua vida, ainda auxiliando nos hospitais.
Mais uma perda chega para nossa protagonista, com o coração partido ao perder mais uma pessoa que ama, ela tenta seguir em frente, porém Josiah resolve expor seu maior segredo a ela, informando que não há mais espaço em sua vida para ela.

No momento em que todos lhe viram as costas inclusive sua amiga, ela parte sozinha e despedaçada para trabalhar em um hospital, e nele encontra um médico que será um grande incentivador para estudar medicina.
Vencendo muitos preconceitos Annabelle irá se impor com sua boa vontade, dedicação e carinho ao tratar os enfermos, quando a Guerra começa ela parte para o front mais uma vez como voluntária, e mais um baque irá mudar totalmente sua vida.

A vida colocou nossa protagonista em muitas provas de fogo, em nenhum momento ela esmoreceu ou desistiu, seguiu em frente em muitos momentos sozinha, em outro momento de sua vida estava com alguém muito importante em sua vida.

Quando pensava ter enfim encontrado a felicidade seu passado vem a tona, e mais uma vez sofre preconceito, é julgada, magoada, com mais essa situação ela decide seguir sua vida, já uma médica conceituada, recebe grandes conselhos de uma nova amiga e descobre que acima de qualquer dificuldade que passou, ela não deve nada a ninguém, deve se orgulhar da mulher forte, inteligente e livre que se tornou ...

Muitos fatos no decorrer do livro vão invadir sua alma em forma de sentimentos, uma leitura gratificante e ao mesmo tempo incentivadora.

Ao terminar a leitura desse livro foi uma gama de sentimentos enorme, um aperto no coração por toda perda de nossa protagonista, a forma como foi traída por sua melhor amiga, revolta por uma atitude brutal com ela, e ao mesmo tempo um imenso orgulho de sua coragem, determinação em ajudar ao próximo, se formar médica em uma época em que as mulheres ainda eram discriminadas nessa profissão. E acima de tudo reconhecimento por sua bravura em recomeçar sempre que a vida lhe trazia dificuldades.

A escrita da autora é maravilhosa, regada a sentimentos, como perdão, amor ao próximo com uma delicadeza tocante.

Confesso que há muito tempo não lia um livro com uma protagonista tão forte e sofrida ao mesmo tempo como Annabelle, iremos encontrar uma protagonista repleta de coragem para recomeçar, sua delicadeza sempre conquistou a todos onde estive, esse amor que dedicou a quem sempre precisou amenizou um pouco o impacto de suas dores, a transformando em uma mulher que hoje reconhece a importância de ser livre.

Já li alguns livros da autora e todos são maravilhosos, mas esse entrará para minha lista de favoritos.

Capa maravilhosa com uma ótima revisão.

10 comentários

  1. Oiee

    Já li muito livro da autora, agora já faz um tempo que não leio.
    Gostei da premissa, gosto de personagens fortes, sofrida mas com coragem para superar. É bem meu estilo de leitura.
    Achei interessante acrescentar o Titanic na história. Fiquei curiosa pra ler e matar a saudade da autora.
    A capa é linda!!

    bjs
    Fernanda
    http://pacoteliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Olá, tudo bem ?
    Bem intenso né ?! Ser traída pela melhor amiga, que dor, além de tudo que é retratado no enredo.
    Achei bem forte e sinto falta de leituras assim.
    Dica anotada.
    Beijos
    www.estilogisele.com.br

    ResponderExcluir
  3. Ola
    Gosto bastante de Danielle Steel, mas tem um ano que não leio nada dela. O último foi o bangalô 2.
    Aí da não li Uma mulher livre, mas está na minha lista.
    Gostei muito da sua resenha, e que trairagem da amiga... Afe.
    Bjs

    ResponderExcluir
  4. Olá Joyce, conheci esse livro no Mochilão da Record e logo me apaixonei primeiro por ser da Steel (amo essa autora) e segundo por ter Titanic no meio (juro, sou louca pela história desse navio).
    Essa capa é linda e sei muito bem como é a escrita da Danielle, ela sempre dá um jeito de mexer com nosso coraçãozinho e as personagens principais sempre sofrem muito, porém, são bem fortes, corajosas e conseguem superar as dificuldades da vida :)

    ResponderExcluir
  5. Oiii Joyce, como vai garota?
    Menina que fiquei surpresa em ver a resenha dessa obra, porque eu realmente não a conhecia e me surpreendi bastante, primeiro por ser uma personagem tão forte como tu mesmo dissestes e isso me agrada tanto, me atrai tanto que eu leria com toda certeza, além disso fiquei com uma pena da personagem e sei que me emocionaria com a sua história.
    Beijinhos <3

    ResponderExcluir
  6. Bom primeiramente o que falar dessa capa – lindíssima né – sou até suspeita a falar por conta de simplesmente amar a Torre Eiffel.
    A autora também é excepcional né... Quando eu era adolescente, li muitos livros da Danielle Stell, e vendo sua resenha então fiquei com muita vontade de ler novamente os livros dela.
    A única coisa que não curti muito é essa coisa de traição pela melhor amiga, mais parece se tratar de um livro e tanto.

    ResponderExcluir
  7. Esse livro está me deixando muito curiosa e a sua resenha só contribuiu para o meu interesse na obra. A capa é linda e gostei de saber a sua opinião sobre ele. Com certeza eu vou gostar e me apaixonar, ainda mais sabendo que a escrita da autora é boa assim.

    ResponderExcluir
  8. Oie Joyce, tudo bem? Esse livro bem me chamando a atenção desde o lançamento e a cada resenha que leio fico mais empolgada para realizar a leitura logo. Adorei saber tua opinião sobre o livro! E saber que a protagonista é tão forte só me deixa mais curiosa. Espero poder conferir Uma Mulher Livre logo.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  9. Oi

    Eu vi esse livro quando lançou e adorei a premissa! Mas sabe que sua resenha é e primeira que eu leio dele?

    Gostei ainda mais. Sua resenha está ótima!

    E essa capa💕

    Bjs

    ResponderExcluir
  10. OI!
    Já li muitas resenhas desse livro e todas me cativaram.
    Um história bem forte, do jeito que gosto mesmo.
    bjs

    ResponderExcluir