Pecadora - Nana Pauvolih


Pecadora
Autora Nana Pauvolih
Ano: 2017 / Páginas: 384
Editora: Essência
Skoob

Todos nós éramos pecadores. Somente uma coisa diferenciava um pecador: as escolhas. Saber o certo e escolher seguir pelo caminho errado em vez de fazer o que era correto. Fechei os olhos. Apesar de tudo que tinha feito naquela noite, não me arrependi. Era pecado, era perdição, mas também era mais do que eu já tinha sonhado em ter. ––– Entre a rígida criação religiosa e o desejo que sempre a consumiu, Isabel precisa se encontrar. Casada há quatro anos com Isaque, seu namorado de adolescência, a jovem sabe que a relação está longe de ser satisfatória. Mas é só quando Isaque fica amigo de Enrico, um publicitário solteiro e bem-sucedido, que a situação começa a ficar insustentável. Agnóstico, sem amarras e cheio de mulheres, Enrico é tudo o que Isabel acredita rejeitar, mas ela não consegue deixar de se sentir interessada pelas histórias que o marido conta dele. Para piorar, ela consegue um emprego na agência dele, e agora terá de passar os dias ao lado do homem que traz à tona seus sentimentos mais proibidos. Neste novo romance, Nana Pauvolih, uma das maiores autoras de romances eróticos do país, mostra que o certo nem sempre precisa ser aquilo que é imposto, e sim aquilo em que se acredita.

Isabel é filha de uma pastor fanático, que criou suas três filhas com uma educação muito rígida, somente com os preceitos que prega em sua igreja, ou seja usam roupas bem fechadas, sem maquiagem entre outras proibições, seu mundo era a igreja, ler a Bíblia e as conversas com sua irmã Rebeca que nunca aceitou a imposição das regras de seus pais, os desafiando não indo mais a igreja.
A situação de Rebeca fica insustentável, e acaba sendo expulsa de casa, deixando Isabel muito triste, afinal elas muito unidas.

Isabel a partir desse momento, tem sua vida determinada por seus pais, tudo já está programado, seu casamento aos 18 anos, com um jovem da igreja.
Há uma passagem de tempo após alguns anos e vamos encontrar Isabel já casada, questionando sua vida, seu casamento e sua sede por prazer, conhecer o novo.
Esses questionamentos desencadeiam uma culpa em Isabel, pois tudo vai contra o que prezou ser o correto.

Ao conhecer Enrico amigo de seu marido, tudo vem a tona, ele incita seus desejos e suas culpas ao mesmo tempo, como punição muitas vezes se ajoelha reza muito.
Com uma atitude impensada, Isabel começa a trocar mensagens com Enrico, expondo um pouco de seus medos e dúvidas.
O rumo dessas conversas acaba revelando a identidade de Isabel, um momento guiado pelo desejo leva ambos a deixar o desejo vencer a razão.
Com tantos acontecimentos e a certeza que nunca foi feliz, em sua vida sempre tão regrada ela começa a pensar em mudanças em sua vida.

Seu reencontro com sua irmã Rebecca , será um incentivo a mais para tomar coragem para as mudanças.
Mudar requer muita coragem , ainda mais para alguém que tem o marido e família fanáticos como Isabel.
Foi difícil para nossa protagonista, uma coisa banal como um simples par de brincos, para ela é novo, briga entre suas crenças e as portas de um nova vida.

Enrico estará ao seu lado em todos momentos, mesmo quando Isabel se perde, em meio a muita fofoca, questionamentos dela sobre suas decisões e atitudes, ele a esperou com todo amor que tinha.
Ela será julgada inicialmente por seu marido, pais, e até seus colegas de trabalho.
Foi preciso muita coragem, muitas lágrimas, sofrimento para Isabel enfim se reencontrar e se tornar uma mulher segura de si, que se ama.

Quando solicitei esse livro da Naná imaginei aquele maravilhoso enredo, repleto de cenas hot escritas com maestria, A Pecadora me surpreendeu de muitas maneiras:
O livro tem cenas hots, são poucas como sempre bem escritas,
Nana conseguiu trazer para o livro um tema polêmico como a religião e o fanatismo de uma maneira realista e muito bem desenvolvida.

Para muitos leitores Isabel pode parecer chata com tantos medos, incertezas e indecisões, Nana conseguiu com muita coerência trazer a história de uma mulher que desde pequena viveu sobre os preceitos de seu pai e tido como certos, assim como a noção de pecados para quase tudo fora a igreja, podemos observar sobre outro olhar para a personagem.

Foi preciso muita coragem dela para mudar, bater de frente com seus pais fanáticos que a julgaram sem medir palavras e atitudes,  lidar com tantas mudanças, desde a mais simples até a mais ousada, Ela saiu em busca de si mesmo, após perder todas suas referências, sem nunca perder sua fé, ela se reencontrou em todos sentidos, com a ajuda e apoio de sua irmã.

Enrico que homem lindo, íntegro, mesmo com seu coração despedaçado com suas perdas, vive sua vida de maneira intensa, se dedica a que se propõe com muito entusiasmo. Isabel trouxe o que faltava a sua vida, o amor que o completou.

Simplesmente amei o livro, uma tema ousado e polêmico que foi tratado de maneira realista, eu não conseguia largar a leitura, acompanhei com muito carinho toda a saga de Isabel, sua coragem de dizer não, dizer o que pensa e correr em busca da felicidade. Nana mais um vez se destaca por seu talento nato em surpreender seus leitores,

Amei o final do livro, uma família linda unida, perdão e consciência que tudo em excesso se torna prejudicial,


Postar um comentário

[blogger][facebook]

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget