Quando a Bela domou a Fera - Eloisa James

20 abril 2017

Quando a Bela Domou a Fera
Autora Eloisa James
Ano: 2017 / Páginas: 320
Editora: Arqueiro
Skoob  /  

Eleito um dos dez melhores romances de 2011 pelo Library Journal, "Quando a Bela domou a Fera" é uma releitura de um dos contos de fadas mais adorados de todos os tempos.
Piers Yelverton, o conde de Marchant, vive em um castelo no País de Gales, onde seu temperamento irascível acaba ferindo todos os que cruzam seu caminho. Além disso, segundo as más línguas, o defeito que ele tem na perna o deixou imune aos encantos de qualquer mulher.
Mas Linnet não é qualquer mulher. É uma das moças mais adoráveis que já circularam pelos salões de Londres. Seu charme e sua inteligência já fizeram com que até mesmo um príncipe caísse a seus pés. Após ver seu nome envolvido em um escândalo da realeza, ela definitivamente precisa de um marido e, ao conhecer Piers, prevê que ele se apaixonará perdidamente em apenas duas semanas.
No entanto, Linnet não faz ideia do perigo que seu coração corre. Afinal, o homem a quem ela o está entregando talvez nunca seja capaz de corresponder a seus sentimentos. Que preço ela estará disposta a pagar para domar o coração frio e selvagem do conde? E Piers, por sua vez, será capaz de abrir mão de suas convicções mais profundas pela mulher mais maravilhosa que já conheceu?

Linnet envolve-se em um grande escândalo com a sociedade, mesmo sendo inocente vê seu nome comentado em todas rodas sociais, seu pai e sua tia acham uma solução para salva-lá.
Arrumam um casamento com Piers com fama de mal humorado e com apelido de Fera.
Piers é um grande médico, muito dedicado, com sua forma direta de falar muitas vezes assusta as pessoas, sem paciência,  lidera um grupo de estudantes em seu mini hospital.

Piers e Linnet são o oposto, enquanto ela toda bela, linda, inteligente, ele se retrai e adora sua fama de Fera. Ambos se provocam sempre, a mente aguçada de ambos nos presenteia com diálogos maravilhosos.

Piers não quer se casar, ainda mais sendo um casamento arranjado por seu pai, que guarda algumas mágoas do passado.
Ele se encanta por Linnet, porém reluta muito em aceitar que possa existir algo mais entre eles.
Linnet se entrega ao que sente, vivendo o agora, a cada momento ao lado de Piers, seu coração se aquece,  a cada pequeno gesto dele, ela consegue enxergar seus sentimentos negados por ele.
Quando sua mãe aparece, todo seu passado vem a tona, e Linnet vai ajuda-lo a perdoar e seguir em frente com o coração em paz.

Um fato vai apressar muitos fatos, e Linnet terá que lidar com seu coração despedaçado, em meio a sua tristeza, ela perde as esperanças.
Sua salvação será o amor e dedicação de Piers ...

Mesmo após alguns dias depois de ler esse livro, ainda estou suspirando por ele.
Eloisa James entrou para minha lista de autoras favoritas e prevejo ler até suas listas de supermercado.

Que história maravilhosa, personagens inteligentes, muito bem estruturado, diálogos que instiga o leitor a saber mais, e acompanhar o desfecho de cada conversa, ou ver quem vencera essa batalha de palavras.

Piers me conquistou quando soube exaltar a beleza interior de Linnet em um momento que sua auto estima estava abalada, ele foi todo amor ao cuidar dela.
Piers com sua franqueza escancarada carrega aquele humor negro, que consegue até arrancar alguns sorrisos, percebemos em seus gestos o grande coração que tem, quando aceitou seus sentimentos por Linnet percebe o quanto suas palavras a feriram.

Linnet foi corajosa, bondosa, inteligente, entregou seu coração a Fera,  ele a deixou ver  muito mais que sua armadura para não deixar ninguém chegar perto. Ela se preocupa com cada paciente de Piers, e ajuda da melhor maneira.

Um romance de época apaixonante sabe aquele livro que te conquista, te faz suspirar, assim que fecha o livro, já sente saudades dos personagens e quer reler, assim é Quando a Bela domou a fera.

O final do livro abalou minhas emoções, senti medo por Linnet, orgulho de Piers por se dedicar a salvar seu grande amor. Estou apaixonada pela capa do livro, e não vejo a hora de ler os demais livros da autora.

14 comentários

  1. Oiii Joyce, tudo bem?
    Esse livrinho está fazendo a minha cabeça desde que houve o lançamento, fiquei meio assim no início, mas confesso que parece ser uma leitura bem convidativa e instigante.
    Abraços

    ResponderExcluir
  2. Eu acho a capa desse livro bem bonita e a premissa me deixou muito interessada. Fiquei curiosa para saber sobre esse final!!!

    ResponderExcluir
  3. Oie! Eu li a versão portuguesa desta história e pretendo ver a edição da Arqueiro. Amei os personagens, a força e a fraqueza de cada um. Assim como foi contigo, eles realmente me cativaram e fizeram a leitura valer muito a pena! Abraços!

    ResponderExcluir
  4. OOi!
    Estou louca pra ler esse livro... Além de amar romances de época, a premissa dele me chama muita atenção, sem contar que só tenho lido ótimos comentários, o que me anima ainda mais. Espero realizar esse leitura em breve. <3
    Beijoos!

    ResponderExcluir
  5. Olá, tudo bem? Estou doida para ler o livro, amo romance de época e ainda não tive nenhum contato com a Eloisa James. Adoro personagens inteligentes e já sei que irei me apaixonar. Adorei!
    Beijos,
    diariasleituras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Oie...
    Eu tenho uma queda por releituras de contos de fadas, pois, são minha verdadeira paixão...
    Desde que a editora lançou essa obra eu estou loooouca pra ler!
    Dica anotada ;)
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Oi, JOyce
    Sabe que quando vi o lançamento nem me interessei muito, mas vendo tantas pessoas elogiando, e agora você, estou bem curiosa. Como adoro romances de época, não poderia deixar de conferir. Que bom que gostou!

    Blog Livros, vamos devorá-los

    ResponderExcluir
  8. Oie!
    Ainda não tive a oportunidade ler o livro, mas está aqui na minha pilha para começar. Acredito que vou gostar muito desse romance, e só pelas resenhas que estou lendo, vou amar na trama!
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  9. Oi Joyce,
    O primeiro motivo que me faz querer ler esse livro é que é uma releitura de A Bela e a Fera. O segundo é que é um livro tão bem construído (por todas as resenhas que estou lendo) que preciso dele. O ponto alto de sua resenha foi você ter dito que é um livro com personagens inteligentes.
    Espero ter a oportunidade de ler para ontem.
    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Oi, Joyce!
    Esse livro tem sido muito comentado no mundo literário. Porém, lembro de não ter gostado dele em um primeiro momento. Mas depois de ter lido várias resenhas - e inclusive a sua -, isso mudou. Ainda mais depois de descobrir de que o personagem principal - a fera -, foi baseado no "Dr. House" <3

    ResponderExcluir
  11. Olá,

    No evento da Arqueiro sobre romance de época desse ano, ouvi coisas muito intrigantes sobre essa história. Fiquei mega curiosa para conhecer, principalmente por ser uma "adaptação" do meu conto de fadas favorito. Além disso, todas as resenhas que já li foram muito positivas, quero ler para ontem.

    ResponderExcluir
  12. Oi, Joyce.
    Já tive o prazer de ler esse livro e amei!
    Que final tenso foi aquele?! Fiquei com o coração na mão!!!
    E lendo sua resenha fiquei até arrepiada, lembrando desse casal incrível!
    Beijos
    Camis - blog Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir
  13. Acho uma maravilha quando tenho essa sensação de já querer reler assim que termino um livro. Mas não sou muito fã de romances de época, então não estou muito interessada na leitura. Só que confesso que esse quê de A Bela e a Fera e a recomendação da Julia Quinn (única autora do gênero que leio) na capa me deixam bem balançada.

    ResponderExcluir
  14. Oi, Joyce!
    Amo releituras, principalmente de A Bela e a Fera, que é meu conto de fadas favorito. E se tratando de romance de época então, fica ainda melhor. Estou curiosíssima pra ler essa história, e pela sua resenha já vi que vou morrer de amore também.
    Já to aqui pensando em Piers, pelo que você descreveu ele é realmente um príncipe por baixo da fachada da fera.

    Beijinhos!
    Jaque.

    ResponderExcluir