Taint - S.L. Jennings

26 abril 2017

Taint
Autora S.L Jennings
Editora Charme
Páginas 230
Skoob
Compre site da Editora

Nesse exato momento, vocês provavelmente estão se perguntando duas coisas:
Quem sou eu? E o que estão fazendo aqui?
Vamos começar com a pergunta mais óbvia, ok?
As senhoras estão aqui porque não são boas de cama.
Não fiquem chocadas. Sexo não é mais tabu para ninguém com menos de oitenta anos. É melhor se acostumarem, porque, nas próximas seis semanas, vocês ouvirão tudo sobre sexo.
Se vocês se matricularam nesse curso, é porque estão totalmente cientes de que precisam de ajuda profissional para aprenderem a viver uma vida sexual plena. Precisam soltar sua libido, permitindo-se sonhar e simplesmente deixar seus corpos e hormônios assumirem o controle. Parabéns! Admitir é meio caminho andado. As que foram enviadas para cá pelo marido ou companheiro sequem as lágrimas e superem. Vocês aprenderão a fazer sexo.
E quem sou eu?
Bem, durante esse tempo, serei seu amante, professor, melhor amigo e pior inimigo. Sou aquele que vai salvar seu relacionamento e sua vida sexual.
Prazer, me chamo Justice Drake.
E transformo adoráveis donas de casa em mulheres selvagens na cama.
Agora... quem é a primeira?


Quando despimos nossas almas, os sentimentos afloram.
Esse livro foi uma grata surpresa.
Quando li a sinopse pensei mais um homem mandão e arrogante, pois eu estava muito enganada ...

Justice Drake é dono de um local onde celebridades vão passar 03 semanas para tentarem salvar seus casamentos expostos pela traição.
Ele ensina como elas devem seduzir seus maridos novamente e deixar sua auto estima lá em cima.
Ele é direto e muito impessoal com todas as mulheres .

Ally como gosta de ser chamada é casada com Evans desde a faculdade e vê sua vida exposta por trações do marido, está entre as alunas.
Ally e Justice vão se encontrar na aula, ela questiona algumas noções do curso a ele, após as aula se encontram por acaso e as afinidades começam a surgir, todas as máscaras são tiradas e surge um Justice com senso de humor, uma Ally totalmente leve. que ri de suas próprias perguntas. ambos vão sentindo a atração mesmo sabendo que não é certo.
Vai ser inevitável resistir a essa atração e o rumo do livro fica maravilhoso, com os sentimentos de ambos transbordando e com todas surpresas reveladas pela autora.

Um final perfeito.

O que dizer de um livro que me surpreendeu demais, Justice se mostrou um homem lindo, com senso de humor, atencioso, ele despiu sua alma e mostrou todos os seus sentimentos a Ally me comoveu a forma como ele colocou em palavras o que sentia sem medo.

Ally a principio, achei ela acomodada na situação e conforme a leitura foi fluindo ela se mostrou normal, em uma situação imposta pela sociedade que ela aceitou, mas percebeu a tempo o quanto errou, Ally é uma figura com suas perguntas e sua mania por sorvetes, as cenas dos dois sempre foram de muitas afinidades, descontração e risos soltos.
Como não se encantar por esse casal?
E o que dizer da química entre ele, perfeita, então temos um casal que mais que ninguém merece ser feliz.

Como boa romântica senti falta de mais detalhes no final do livro, fiquei querendo mais desse casal que me ganhou completamente.

O que me fascinou foi a construção dos personagens você começa a ler achando que Justice é mais um desses homens mandões cheios de si, ledo engano é um do homens mais sinceros que já tive o prazer de ler, apenas ele estava cercado por um muro contra os sentimentos, Ally conseguiu superar esse muro trazendo a tona um homem perfeito.

Ally é uma moça que aceitou algumas imposições perdendo a rédea de sua vida, mas conseguiu a tempo reverter esse situação, tomando suas decisões e indo em busca da felicidade.

A escrita da autora fluiu muito bem, li em apenas um dia. Gostei do modo como a auto estima das mulheres foi trabalhada nesse livro.

Capa perfeita para nossa Justice, como sempre a Editora manda super bem, revisão impecável, li em e-book.

Para quem gosta de livros que vão te surpreender não pode deixar de ler.

Nenhum comentário

Postar um comentário