Clara de Assis - Outubro Nacional



Livros Encantos -Vamos começar falando das emoções dessa Bienal? Como foi tudo?

Olá, Joyce. Olá, leitores lindos do blog Livros Encantos. Antes de falar da Bienal, Joyce, quero agradecer pela oportunidade de ser lida no seu blog <3
A Bienal foi bastante diferente do que eu esperava. Eu estava toda sorridente, serelepe pimpona, achando que poderia saracotear por aí, que eu iria em todos os pavilhões e tietaria muito, mas não foi nada disso. Mal tive tempo para comer, não consegui ir aos eventos dos meus autores preferidos! (essa parte me deixou mega triste, eu amo ler e sou fã e tieto de verdade!). Em contrapartida, fui agraciada com muito carinho e receptividade. Leitores fantásticos, gente muito acolhedora, me senti muito querida.
A Charme é uma família, pensei que fossem apenas gentis, quando na verdade, elas me abraçaram de um jeito muito intenso e me mostraram que a Editora é um lar, isso foi maravilhoso.
Como saldo final e resumido: eu diria que foi a Bienal do Amor. Tinha muita gente com boas vibrações e isso foi contagiante.

Livros Encantos – Aluga-se um noivo, havia sido lançado de forma independente, e hoje pela editora Charme está um grande sucesso, de que maneira nosso lindo Théo conquista as leitoras?

Acredito que o fato de ele ser o que a maioria de nós espera, em um par, seja o ponto focal para se tornar apaixonante. O Théo é envolvente; tem uma pegada calorosa (leia-se quente), prepara algumas refeições para a Débora, dando a ela um descanso depois de um dia atribulado; é firme em suas decisões e é cavalheiro, característica que vem entrando em desuso hoje em dia, você reparou? As pessoas, tanto homens quanto mulheres, têm se distanciado bastante de realizar pequenas gentilezas sem querer nada em troca, um abrir de portas, deixar o outro passar primeiro, coisas simples. O Théo não é perfeito, ele tem um geniozinho complicado também, são atitudes que o deixam muito próximo do real.
O fato de você saber que é possível encontrá-lo, acredito que seja o que mais atrai.
Espero que ele continue conquistando muitos corações por aí.

Livros Encantos – Com surgiu a ideia para o livro Aluga-se um noivo?

Menina... Estava eu sentada na sala, escrevendo um drama, quando percebi que o meu humor estava mudando, estava entrando demais no contexto e me sentindo meio depressiva. Eu precisava de uma história para sacudir aquela vibração ruim! Detesto me sentir triste, não é um sentimento que eu costumo cultivar. Pensei em algumas coisas que me aconteceram na vida e pessoas que conhecia. Eu queria algo mais leve, que pudesse me fazer sorrir e aquecer o meu coração ao mesmo tempo. Aí pensei na minha amiga Carolina, que é louca de pedra, e eu tinha fé que ela seria uma personagem incrível sendo apenas ela mesma, sem enfeitar nada. Pensei em um certo homem (que por acaso estava na cozinha nesse dia, lembro perfeitamente). Pensei em um chefe que eu tive, que era um babaca (posso escrever isso? Se não puder você edita para um sinônimo, porque o cara era realmente um babaca). Eu queria um toque de mistério também, por eu amar reviravoltas. O preconceito era o “x” da questão, pois eu amo catucar algumas feridas, como o preconceito; assédio moral; sexual; feminismo; relações homoafetivas, que são assuntos que as pessoas, no cotidiano, deixam na prateleira da irrelevância, quando deveriam despertar pra vida. Repare que a concepção geral, quando você fala a palavra “preconceito”, na maioria das vezes, relaciona diretamente com a cor da pele, mas há diversos tipos de preconceito, a temática do Théo foi justamente algo que eu queria falar, que é você fazer com o seu corpo o que bem entender, incluindo alugar por algumas horas (olha a polêmica e a treta chegando...).
Muita gente sofre assédio moral no trabalho e acha que é normal que seu superior “hierárquico” aja como um perfeito demente, sem educação, mas isso não é normal não, viu, gente! As pessoas precisam se respeitar como indivíduos e eu sempre baterei nessa tecla.
Pensei em várias coisas, quando vi, já estava colocando no papel, quanto ao título... eu fui lá na cozinha e perguntei — para o homem que estava preparando um almoço, enquanto eu trabalhava escrevendo —, o que ele achava do título e ele opinou. E foi assim. Nada mirabolante, nada muito distante do que a gente é capaz de passar no dia a dia, ambientei em uma cidade que eu conheço como a palma da minha mão e foi.

Livros Encantos -   Seu livro “Faz Amor comigo?” temos romance e fantasia, um gênero diferente. Como foi a construção dos personagens?

Eu estava meio revoltada nesse dia, confesso — eu estou rindo aqui, relembrando.
Eu já tinha lido Dezesseis Luas, Crepúsculo, Fallen... E fiquei me perguntando: Meu Deus! Será que todo mundo foge sempre pra mesma temática fantástica? Bruxos, vampiros, lobisomens, anjos e demônios? Socorro!
Eu queria ler algo diferente, e bom, mas não encontrei depois de caçar bastante. O mais diferente que eu li foi o Syrena Legacy, da Anna Banks, que é sobre sereias e tal, na época eu o li em inglês, pois ainda não havia publicação dele no Brasil (um absurdo). Outra revolta aí — eu rindo aqui, estava mesmo muito revoltada —, fiquei esbravejando que não se investia em nada de diferente no Brasil e não sei o quê...
O que eu fiz, além de ficar irritada? Abri o Word e deixei a página em branco, com o cursor piscando, eu já sabia sobre o que eu queria falar, e queria um livro que não tivesse enrolação (desculpa aí fãs de Dezesseis Luas, mas francamente...). Abri o Google e fui pesquisar sobre o tema que eu queria falar e li muita coisa a respeito do tema central (não entrarei em detalhes para não dar spoiler). Eu queria um mocinho que tivesse uma noção equivocada dos relacionamentos; uma mocinha forte, mas sem muita opção (uma realidade comum para nós, não é? Quantos sonhos abandonamos por colocarmos as nossas obrigações em primeiro plano?). Pensei que seria legal, pra variar, uma família que desse apoio. Queria que o vilão fosse uma caricatura dos homens que praticam abuso, não no sentido físico, mas aqueles relacionamentos abusivos, sabe? Que acha normal tratar a mulher como uma coisa ou menosprezando suas ideias. Misturei tudo e pronto, foi assim que eu construí os personagens.
Muito obrigada por perguntar! Raramente alguém fala desse livro, justamente por ter fantasia envolvido.

Livros Encantos – Pós Bienal quais seus planos no momento com relação a novos projetos e futuros lançamentos?

Preciso terminar o restante dos Di Piazzi. O Enzo é o próximo e quero todo mundo preparado para um perfeito e adorável canalha, eu mesma já me peguei torcendo pra ele se dar bem — é errado, mas não consigo evitar.
Tenho que concluir a série Dragão de Jade, falta o último livro, Quimera.
Há ainda a continuação de Tal Mãe Tal Filha, com o Censura Zero, que vai ser, diferente do primeiro, +18.
Tenho alguns outros projetos em andamento, alguns em parceria com autoras amigas... Tenho muita coisa para fazer e pouquíssimo tempo. Quando ouço alguém falar que está com sono ou que prefere ficar na cama metade do dia, quase morro do meu coração, gente, eu aqui querendo mais horas para dar conta de tudo e o povo falando em dormir? Socorro.

Livros Encantos -  Hoje quais seus autores preferidos?

Olha a situação comprometedora chegando em 3... 2... 1...
Atualmente tenho lido muito mais autores nacionais do que estrangeiros (Há sempre aqueles amores do coração, como Ariano Suassuna e José de Alencar, que são pra vida toda).
Eu me prendo mais em livros que em autores, nem sempre um autor que escreveu um livro que eu amei, escreve outro que eu vou amar também. No entanto, tem duas autoras que escreveram livros que eu amei todos, sem exceção, que é Lucy Vargas e A. J. Ventura, delas não tem um único livro que eu não tenha me envolvido a ponto da ressaca.
A Bienal acabou e eu estou lendo os motivos do parcelamento em 12x do meu cartão, neste instante, tenho aqui ao meu ladinho, O Jogador, da Vi Keeland, estou apaixonada pelo Brody, que pegada, meu Deus! Mas assumo que sou piriguete literária, daqui a pouco eu vou me apaixonar por outro personagem...
Quero deixar registrado, que essa pergunta capciosa me obriga a responder de modo evasivo, pois eu tenho um montão de autoras, inclusive nacionais, que eu amo e amo muito dos livros delas! Só citei duas por uma questão de amor absoluto de suas obras.

Livros Encantos -  Você já teve bloqueio para escrever? Se sim como superou?

Agora que o povo vai se irritar comigo... Mas, ok, serei sincera.
Eu não acredito em bloqueio. Acredito em prioridades. Quando a gente senta para escrever tem que estar focado no que faz, se você está com a cabeça naquele aborrecimento, aquela conta pra pagar, aquela DR que te maltratou, o cachorro do vizinho que não para de latir, o carro do ovo que passa na sua rua a cada meia hora, aí, meu bem... Não vai sair nada mesmo. Primeiro você tem que resolver o que está tirando o seu foco, e depois, em paz, se dedicar à escrita. Ninguém quer saber se você está com isso ou aquilo, e ninguém tem culpa dos seus problemas e por isso você erra em cenas de continuidade, demora para entregar o manuscrito... Eu não acredito em bloqueio, mas eu acredito realmente que você precisa ter foco no que está fazendo e se organizar.
Veja bem, estou falando da questão do bloqueio, não de falta de criatividade, às vezes você tem a ideia toda na cabeça, mas não consegue passar para o papel e fala que está com bloqueio. Querida, isso não é bloqueio, isso é a urgência de alguma coisa que está tirando o seu foco. Agora, falta de criatividade é outra história, aí... você precisa parar de se cobrar e dar um tempinho, leia alguma coisa interessante, saia de sua rotina, vá dar uma volta em um parque, refrescar a cabeça e relaxar um pouco, daí você recarrega as energias ;)

Livros Encantos -  Como evitar a pirataria de livros hoje em dia?

Boa pergunta.
Primeiro, acho que as pessoas teriam que parar de fingir que não sabem que isso é sim um crime, um roubo. E como todo roubo só faz sentido quando há receptador... Se as pessoas pararem de pedir pdf por aí, como se isso fosse natural, não adiantaria nada para quem produz o pdf, pois não teria para quem passar. Estou falando de quem recebe e ainda dá um like, não para o criminoso que reproduz a obra alheia sem permissão, para esse aí não tem conselho, só um bom print e B.O. na delegacia. Essa de que não sabia que era errado já não cola.
Não há vantagem real, pois, um autor irá, eventualmente, parar de escrever, já que está vendo suas horas de pesquisa, o tempo longe da família, tudo indo para o ralo e por nada.
As pessoas falam que não tem dinheiro para comprar o livro. Ué, não compra! Não lê! Se eu não tiver dinheiro pra comer feijão vou lá no mercado pegar um quilo e sair correndo? Eu, hein. Eu vou tomar sopa, ora. Comer outra coisa... Não comer nada, viver de luz. Pedir emprestado (se bem que tem gente que não empresta livro, mas pra tudo tem jeito que não envolve piratear). Tem um monte de plataforma online para a pessoa ler tudo integralmente (ah! Mas eu queria ler aquele!), Filhinho, não. Apenas... Não. Ok? Para que tá feio. Você está fazendo isso errado.


Clara de Assis nasceu na cidade do Rio de Janeiro, estudou arquitetura e urbanismo, comércio exterior e ​agora estuda letras – literatura. Ainda atua na área de engenharia, ​embora sua paixão por livros, que começou aos cinco anos, te​nha​ mais destaque e peso em sua vida. Ensaiou sua primeira escrita aos 10 anos e publicou seu primeiro livro de maneira independente aos 28 anos.
Sua leitura preferida é romance policial e ama escrever comédia romântica, gênero que lhe rendeu figuração entre os 10 autores independentes mais lidos no Brasil.
Pragmática e de riso fácil, mora no Rio de Janeiro com sua família.

Bibliografia

Romance Policial / Thriller de Espionagem: Trilogia Dragão de Jade (independente)
Dragão de Jade;
Esfinge;
Quimera - previsão de lançamento em 2018 

Romance Fantasia (+18): Faz Amor Comigo? (independente)

Comédia Romântica: Trilogia Os Di Piazzi - Editora Charme​ ​

#1 Aluga-se um Noivo​. 
#2 (Enzo - Título ainda não definido)​ - previsão de lançamento em 2018;​
#3 (Pietro - Título ainda não definido)​.​

​Tal Mãe. Tal Filha (independente)

Censura Zero (independente) - Spin-off de Tal Mãe. Tal Filha. Previsão de lançamento em 2018.

Conheça seus livros


Aluga-se Um Noivo
Os Di Piazzi # 1
Clara de Assis
Ano: 2017 / Páginas: 352
Editora: Charme

Nada poderia ter afetado tanto Débora Albuquerque quanto ter de enfrentar seu ex-namorado como padrinho de casamento do irmão. Como se não bastasse, acompanhado por sua nova namorada, ninguém menos que Letícia, a quem Débora um dia chamou de amiga.
A situação já parecia bastante ruim, quando Débora teve a brilhante ideia de não ir à festa sozinha. Para isso, contratou um garoto de programa, Théo, fingir ser seu namorado e juntos seriam o casal mais feliz do mundo.
Por sorte, ou não, a inseparável melhor amiga de Débora, Carol, resolveu dar uma ajudinha, e o que antes era uma loucura, tornou-se algo mais complicado que nunca: Théo foi de namorado a noivo num piscar de olhos.
Débora estava disposta a pagar quanto fosse para não aparecer sozinha na festa. Théo seria o namorado ideal: lindo, sofisticado, com sotaque italiano e extremamente sedutor.
O plano era perfeito... até Débora se apaixonar.

Faz amor comigo?
Clara de Assis
Ano: 2015 / Páginas: 210
Editora: Kindle Edition
Compre na Amazon

Após adiar seus sonhos e acabar servindo mesas na lanchonete da família, Helena Lowfield, resolve escapar da rotina maçante, ao menos uma vez, para se divertir com um desconhecido, um homem perfeito demais para ser real. O que deveria ser uma transa casual, uma noite apenas, torna-se algo mais. Ele não a deixa ir fácil e tem um bom mau motivo para isso.




Dragão de Jade
Série Dragão de Jade # 1
Clara de Assis
Ano: 2015 / Páginas: 355
Editora: Edições Kindle
Compre na Amazon

Kyle Prescott é um homem de negócios que adora desafios. No ramo esportivo ele é um dos melhores. Transforma oportunidades em lucro e é o grande orgulho de seu pai.
Mas, ao contrário da vida centrada e objetiva que leva no mundo empresarial, sua vida pessoal é caótica. Kyle está se cansando dos jogos adultos e relacionamentos vazios. Acredita ter encontrado na surfista Jennifer Sand, dona do misterioso colar de jade, a mulher que poderá fazê-lo feliz.
Obcecado por Jennifer, Kyle cria diversas situações para conquistá-la, passando por cima de qualquer obstáculo, incluindo o namorado da moça, o brasileiro, Ryan Cordeiro; ao mesmo tempo em que também tenta se livrar do relacionamento secreto que tem com sua prima, a vingativa e sedutora, Audrey.
Ao fazer com que Jennifer o conheça um pouco melhor, Kyle perceberá que ele próprio está longe de ser quem pensava.


Esfinge
Dragão de Jade # 2
Clara de Assis
Ano: 2016 / Páginas: 448
Editora: Amazon
Compre na Amazon

Olívia Warren Anderson leva uma vida dupla. Como uma socialite arrojada, ela cuida da Fundação Anderson Para Inocentes de Guerra, seria o orgulho para qualquer família, mas suas escolhas no passado garantiram que tivesse uma complicada relação com o pai.
Mãe e empresária, Olívia mantém suas realidades sob controle, mas quando finalmente Kyle Prescott, seu grande amor, ressurge e suas histórias se encontram, Olívia faz de tudo para viver esse romance, enquanto se emprenha ao máximo para esconder dele seus segredos.
Enigmática e letal, Olívia Anderson recebe o apelido de Esfinge e comanda uma equipe de agentes, que se unem em uma missão Cupido para ver a chefe ao lado de Kyle.
Mas a felicidade dela pode estar comprometida por culpa dos seus segredos e pela sombra da antiga obsessão de Kyle, Jennifer Sand, além do colar de jade, o artefato que põe o empresário esportivo na mira de perigosos contrabandistas.

Tal Mãe. Tal Filha
Clara de Assis
Ano: 2017 / Páginas: 400
Editora: Amazon Servicos de Varejo do Brasil Ltda
Compre na Amazon

Allison Hamilton não se preocupa com outra coisa além de sua carreira e ascensão, é uma das melhores produtoras executivas de moda, na conceituada Revista Heat. Tudo caminha maravilhosamente bem, Allison tem a perspectiva de uma promoção em breve e uma maneira de esfregar seu sucesso na cara de sua prima, Carolyn. Allison só precisa resolver um pequeno contratempo — para conseguir a promoção, impressionar a equipe e mostrar o quanto é apta e maravilhosa, ela tem de apresentar sua filha à chefe —, o problema? Allison não tem uma filha.
Amy Evans acabou de fazer dez anos e se orgulha disso. Passou muito tempo tendo o que queria e na hora que queria, aprontando e se aproveitando bastante do fato de ser órfã de mãe e ter um pai ocupado demais, que se culpava por não dar à filha uma família convencional, como a que ele teve. Mas Amy passou de todos os limites e agora estava sem qualquer regalia. Seus problemas parecem ter uma solução quando sua vizinha, Allison Hamilton, precisa de uma família “Express”. Conforme Amy começa a conhecer melhor sua mãe de mentirinha, percebe que Allison pode ser a resposta para todas as questões que transformaram os Evans num fiasco.

Sorteio de 01 Kit com marcadores e brindes enviado pela autora 

a Rafflecopter giveaway

Postar um comentário

Gente, minha mãe vai me matar quando ler isso...
Aposto que vai falar um monte.

Joyce!
Gostei demais da entrevista e nem sabia que ela já tinha tantos livros escritos.
Desejo o maior sucesso para ela!

Participo e mais tarde sairá divulgação no blog.
RUDYNALVA CORREIA SOARES
rudynalva@yahoo.com.br
Que outubro venha carregado de boas energias!
“A missão suprema do homem é saber o que precisa para ser homem.” (Immanuel Kant)
Cheirinhos
Rudy
TOP COMENTARISTA DE OUTUBRO 3 livros, 3 ganhadores, participem.

Entrevista maravilhosa e autora sensacional❤

[blogger][facebook]

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget