RESENHA - CARTA A D. - André Gorz


Carta a D.
História de Um Amor
André Gorz
Ano: 2018 / Páginas: 112
Editora: Companhia das Letras
Compre na Saraiva / Amazon


Uma das declarações de amor mais conhecidas e emocionantes de nosso tempo, este livro é também uma afirmação comovente de companheirismo entre duas pessoas apaixonadas."Você está para fazer 82 anos. Encolheu seis centímetros, não pesa mais do que 45 quilos e continua bela, graciosa e desejável. Já faz 58 anos que vivemos juntos, e eu amo você mais do que nunca." Assim André Gorz inicia sua carta de amor a Dorine, mulher ao lado de quem ele passou a vida e que há alguns anos sofria de uma doença degenerativa incurável.
Como um dos principais filósofos do pós-guerra francês, Gorz escreveu inúmeros livros influentes, mas nenhuma de suas obras será tão amplamente lida e lembrada quanto esta carta simples e bela, em que ele rememora tanto a história de companheirismo, amor e militância do casal como a trajetória intelectual que percorreram juntos.Um ano após a publicação de Carta a D., um bilhete encontrado na casa onde moravam fez as vezes de pós-escrito à narrativa: André e Dorine tiraram a própria vida juntos, numa renúncia comovente a viver sozinhos.

Quando li a sinopse desse livro, fiquei muito curiosa, afinal vivemos em um mundo que pouco amores resistem as dificuldades do dia a dia e a rotina.
A cada página lida, fui percebendo a imensidão do amor de Dorine e André, desde quando se conheceram em 23 de outubro (aliás data de meu aniversário e fiquei comovida ao perceber que ali nascia uma grande história de amor).
De uma maneira intensa, vamos acompanhar como Dorine é importante e fundamental na vida de André, ela é seu porto seguro nem todos os momentos.

Foram 58 anos juntos, com fases de dificuldades, mas também de muitas alegrias, ela sempre foi vida, luz que conseguia atrair as pessoas, dona de uma inteligência e sutileza se tornou parte do mundo profissional de André.

"Você era o rochedo sobre o qual nós dois, nossa união podia ser construída."  

Em um momento do livro, percebemos a fragilidade do corpo, e não havia soluções para isso, e você lutou com muita coragem e perseverança confirmando sua luz...

O que dizer de um amor tão forte, de pessoas que se completam, se realizam juntos, e não conseguem enxergar a vida um sem o outro.

O final do livro nos faz refletir sobre nossa realidade, e como conseguimos banalizar a palavra "Eu te amo" que hoje se parece com bom dia a todos, falta aquele sentimento em cada palavra escrita...

André consegue levar ao leitor a imensidão do amor que sente por Dorine, através de cada letra, a emoção se faz presente.

Uma leitura que recomendo a todos para não esquecer a importância de amar e ser amado.

A edição do livro está linda.

Postar um comentário

[blogger][facebook]

Formulário de contato

Nome

E-mail *

Mensagem *

Tecnologia do Blogger.
Javascript DisablePlease Enable Javascript To See All Widget