RESENHA - HUNTER - ANDY COLLINS

20 fevereiro 2019

Hunter
Acerto de contas
Autora Andy Collins
Ano: 2018 / Páginas: 140
Editora: The Gift Box
Onde Comprar > https://amzn.to/2GORNvH

"RESGATE"
Foi a primeira palavra que ouvi quando os tiros cessaram.
"ELE ESTÁ FERIDO, TIRE-O DAQUI!"
Foi o que ouvi quando fui levado para cima.
"ARRANQUE ISSO DELE"
Foi a última coisa que ouvi antes de me render a escuridão.
Uma década depois e essas palavras ainda permeiam meus pensamentos.
Antes, elas me causavam medo, mas aprendi a lidar com ele.
Transformei o medo em ódio, em uma motivação. O combustível que precisava e a justificativa perfeita para a escuridão dentro de mim.
Hoje eu tenho um plano, e não vou desviar, nem que isso signifique silenciar a única voz capaz de acalmar os demônios na minha cabeça danificada.
Eles roubaram a minha vida, e não a quero de volta.
Meu único desejo é acabar com a deles.


Hunter tem uma determinação em sua vida acabar com as pessoas que lhe fizeram mal no passado, muita coisa foi tirada dele desde a sua inocência até a acreditar em qualquer sentimento que não seja sua vingança.

Faith tem uma vida sossegada, casada com um marido lindo, são felizes e nesta noite será um jantar de comemoração de dois anos de casamento.
A partir deste momento sua vida da uma volta de 180 graus, sem entender onde está e qual a razão de tudo isso, ela é pressionada a aceitar a situação envolvendo pessoas que confiava.

Huinter é um homem quebrado devido a seu passado, sabe como incitar o medo das pessoas as pressionando a lidar com seu medo, terror e assim estar pronta para qualquer situação.
Ele é um líder nato, usa sua intuição e não segue ordens quando não acredita nelas.

Faith irá passar por momentos aterrorizantes ministrados pela única pessoa que ela consegue estar perto, a deixando confusa e ao mesmo tempo protegida.

Hunter aos poucos baixa a guarda e acolhe aquela mulher que se mostrou muito forte, seus medos se transformaram em vontade não desistiu. de nada.
Nosso quebrado protagonista irá em busca de sua vingança, regado a muitas mortes e uma cena impactante estilo Kill Bill enfim seu alvo foi detido.

Faith e Hunter protagonizam um romance para os fortes, que tiveram a alma dilacerada e se encontraram em meio a redescoberta de si mesmo.
O livro mexe com nossas emoções pelo passado de Hunter, fui surpreendida pela força e determinação de Faith.

Eu sou fã de romances Dark e Andy Collins está resgatando esse gênero que amo.

A escrita da Andy evolui a cada livro, a construção dos personagens é de suma importância em livros do gênero a parte emocional deve ser exposta de forma nua e crua.
Há cenas fortes de violência motivada pela vingança de um protagonista que perdeu sua alma com tantos abusos.
O final do livro terá algumas revelações chocantes e confesso que não vi outro destino para um dos personagens secundários.

Ao conhecer o passado de Hunter entendemos sua gana em se vingar,  como ele se fechou em seu mundo somente com um foco, Faith chegou e abriu um espaço onde ele acreditava não haver mais esperanças.

Amei o livro, Dark continua sendo um de meus gêneros preferidos, confesso que mais um epílogo faria meu coração feliz.

Para quem gosta do gênero não pode deixar de ler todos os livros da Andy Collins, ela aborda temas importantes de maneira real.




10 comentários

  1. Olá! Nunca li nenhum livro dark e confesso que tenho certa resistência a esse estilo. Achei o protagonista bem determinado com sua vingança e a curiosidade em saber sobre o que aconteceu com ele, e consequentemente o motivo de todo seu ódio e desejo de retaliação. E daí, entra a mocinha, que parece que caiu no olho do furacão, sendo responsável por dar um pouco de chão para o casal. Achei a premissa bem intensa, e a história parece que vai ser bem densa. Obrigada pela dica!

    Bjoxx ~ Aline ~ www.stalker-literaria.com ♥

    ResponderExcluir
  2. Vi uma resenha desse livro essa semana e apesar de não ser um gênero que me atraia, fiquei curiosa para ler. Já peguei no unlimited e iniciei a leitura, até agora está interessante.

    Beijos, Gabi
    Reino da Loucura | Instagram

    ResponderExcluir
  3. Oi, Joyce.
    Não me lembro de ter lido nada nesse estilo ainda, mas como estou sempre procurando coisas novas, vou anotar a sua dica. O romance parece bem intenso e fiquei curiosa!
    Beijos
    Camis - blog Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir
  4. Ah, agora entendi o que é o termo dark. Ainda não li ou acho que não li um livro deste porte. Leio livros assim com drama e tudo o mais, mas que não chegam a ser tão fortes. É um estilo novo que surge para mim.

    ResponderExcluir
  5. Olá, tudo bem?

    Uau que capa incrível! É bem difícil não se deixar levar por sua resenha. É nítido o quanto você gostou da série e acredito eu que não li nenhum livro desse gênero, pelo menos que eu me lembre. Mas anotei a sua dica.

    Beijo e

    ResponderExcluir
  6. Oie, não me recordo de ter ligo algum livro com essa pegada mais dark mas agora que li sua resenha fiquei bastante curiosa, principalmente para entender algumas questões dos personagens. Venho querendo comprar alguns livros da gift box então a sua resenha veio em boa hora, obrigada!

    ResponderExcluir
  7. Oi!
    Adoro livros Dark, um mocinho mau kkk, adorei o enredo. Andy Collins sempre me impressiona com sua escrita e sabe fazer isso muito bem, esse livro ainda não conhecia mas estou muito curiosa para ler. Parabéns pela resenha me instigou a saber mais sobre esse livro, obrigado pela dica, bjs!

    ResponderExcluir
  8. Oi Joyce,
    Fiquei com vontade de ler Hunter desde que a editora The Gift Box divulgou o livro. Adorei a vibe dark da capa. Gostei de saber que a história segue a mesma vibe. Valeu pela lembrança!
    Com amor, André
    Garotos Perdidos

    ResponderExcluir
  9. Oi!
    Gostei da premissa do livro, fiquei curiosa para ver como as emoções do personagem foram trabalhadas a ponto de ele querer buscar vingança e se tornar um homem quebrado.
    Esse romance parece misturar bastante ação devido as cenas fortes de violência. Fiquei intrigada nessa mistura de assuntos opostos, digamos assim.
    Ainda não li nenhum Dark e acho que irei começar por este que você recomendou.
    Abraços.

    FLeituras

    ResponderExcluir
  10. Um epílogo faria a todos nós felizes! Vamos bater um papo com a Andy... quem sabe, né? rsrsrsrs

    ResponderExcluir